5 mitos que podem atrapalhar a sua organização

Há um tempo atrás eu fiz um post aqui no blog falando sobre os mitos da produtividade: aquelas coisas que a maioria da pessoas acredita, mas que não são verdade. E naquele post eu disse que o fato de você acreditar nesses mitos  poderia ser a causa de não conseguir ser realmente mais produtivo.

Em termos de organização, vale a mesma lógica: existem algumas coisas que as pessoas pensam ser verdade sobre organização e que não são. E por acreditar nisso muitas vezes as pessoas acham que não conseguirão ser organizadas ou então que não vale a pena se organizar. Vamos falar sobre esses mitos e entender porque eles não são reais.

Organização é um talento. Algumas pessoas são naturalmente organizadas enquanto outras vão ser sempre desorganizadas.

Essa ideia tem apenas uma mínima parte verdadeira. Sim, algumas pessoas são naturalmente organizadas, tem facilidade para manter tudo em ordem. Mas isso não quer dizer que organização é algo que não pode ser aprendido e treinado. E menos ainda que algumas pessoas vão se eternamente desorganizadas.

Para começo de conversa temos que entender que organização é algo para facilitar nossas vidas. E como tal, tem um fator intuitivo. Claro que existem muitas técnicas, métodos, recomendações. Mas de nada adianta usar o método mais conhecido, a técnica mais indicada, se eles não se encaixam na sua rotina nem atendem suas necessidades.

Se você usar um método que não se adapte ao que você precisa, ele não vai funcionar. E é aí que vem aquela ideia: “eu não consigo me organizar”, “esse método não funciona”, “já testei de tudo e não adianta”.

Da mesma forma, é preciso entender que ninguém vira uma pessoa organizada do dia para a noite. A sua bagunça não surgiu magicamente e nem vai desaparecer dessa forma. Organização requer disciplina, tempo e paciência. Organização é um caminho, não um destino. Você se dedica dia a dia, inclui certas ações na sua rotina, cria determinados hábitos.

Claro que para isso você realmente precisa estar disposto. Aí vale a reflexão que eu já fiz em um post aqui: por que você quer se organizar? Você tem que ter claro em sua mente o motivo pelo qual quer organizar suas coisas, tem que estar ciente das melhorias e facilidades que ser organizado vai trazer para sua vida.

Senão, vai ser mais uma tarefas chata que você faz sem vontade. O que provavelmente vai fazer com que você acabe desistindo. E aí, vamos cair na mesma velha história de novo: “eu não tenho esse dom”, “eu não consigo”, “eu não sei como”.

Desconstruindo esse primeiro mito: organização não é um talento natural. Algumas pessoas tem sim mais facilidade mas isso não significa que é impossível se tornar uma pessoa organizada mesmo que você tenha vivido a vida inteira na bagunça.

caderno clipes oculos

Foto de Studio Ease em Unsplash

Não acho que vale a pena se organizar pois vou gastar dinheiro ou perder muito tempo

Essa ideia é muitas vezes usada como desculpa por quem não quer ou não consegue se organizar. Quanto a questão do gasto, muitas pessoas pensam que só vão conseguir se organizar se contratarem um profissional do assunto para ajudar e orientar. E isso está muito longe de ser a verdade. Claro que existem casos em que o auxílio profissional é super recomendado. Mas não é fundamental. Da mesma forma não é necessário comprar várias pastas, caixas ou quaisquer “objetos organizadores” para começar a ordenar as coisas.

Em se tratando de perda de tempo, isso é ainda mais absurdo se considerarmos que o objetivo da organização é justamente ao contrário. Claro que se tudo ao seu redor está uma bagunça, você levará um certo tempo para colocar tudo em ordem. Mas pense em todo o tempo que você já perdeu procurando alguma coisa que você não sabia onde estava. Além disso, o processo de organização demanda mais tempo apenas em um primeiro momento. Depois é uma simples questão de manter as coisas organizadas, o que requer apenas disciplina e bons hábitos.

Desconstruindo o segundo mito: gastar dinheiro com organização é opcional. E perda de tempo é ter que revirar todas as suas coisas procurando por algo que você precisa e não sabe onde está.

Para me organizar preciso jogar minhas coisas fora

Provavelmente esse é o pensamento de muita gente ao ler sobre determinados métodos de organização. Por exemplo, o KonMarie, explicado por Marie Kondo em seu livro A mágica da arrumação. Aqui vai uma opinião pessoal, que inclusive já falei em outros posts: esse método não serve para mim. Marie Kondo leva ao extremo a ideia de “destralhar”. Claro que para muitas pessoas faz sentido, mas para tantas outras, não.

“Destralhar” é se livrar da tralha. Tralha é tudo aquilo que pode/deve ser descartado. É preciso ter em mente que não é possível organizar tralha. Então, antes de organizar é preciso destralhar. O ponto chave dessa questão é que você deve estabelecer os seus próprios critérios para definir o que é ou não tralha. Para se organizar você vai sim jogar muita coisa fora. Mas quem define o que vai e o que fica é você. Afinal, são as SUAS coisas. Não preciso nem dizer que o bom senso deve prevalecer: do mesmo jeito que eu não acho legal classificar tudo como tralha e jogar tudo fora, também não é bom achar que tudo é importante e querer manter tudo.

Desconstruindo o terceiro mito: você é quem decide o que vai jogar fora e o que vai manter.

Se você organizou suas coisas uma vez, elas vão ficar organizadas para sempre

Não, definitivamente não. É só parar e pensar um pouco: você tirou o dia para organizar a sua mesa de trabalho, por exemplo. Jogou papéis inúteis fora, colocou os papéis de cada projeto em uma pasta separada, arrumou as gavetas. Mas no dia seguinte, você usa os papéis de determinado projeto e depois os deixa em cima da mesa. Pega os de outro projeto e depois de usar coloca na gaveta com os projetos arquivados. Alguém te traz um relatório, chega um projeto novo, você precisa revisar um projeto antigo. Tudo isso começa a se acumular em cima da sua mesa. Resultado: bagunça de novo.

A definição mais básica de organização é: colocar cada coisa em seu lugar. E isso vale  para quando você começa a organizar a bagunça e para quando já está tudo em ordem e você quer que se mantenha assim. Crie o hábito de devolver as coisas ao seu devido lugar depois de usar. Senão todo o trabalho que você teve para organizar tudo será jogado fora.

mitos organizacao post blog produtivamente

Foto de Ella Jardim em Unsplash

Além disso, tenha em mente que ninguém é organizado o tempo todo. É normal que as vezes as coisas se desarrumem um pouco. Mas isso não é motivo para permitir que tudo vire um caos.

Desconstruindo o quarto mito: as coisas não se mantém organizadas sozinhas. Você precisar desenvolver o hábito de manter arrumado o que você já organizou.

Você precisa ser uma pessoa organizada

Tudo que eu falei até agora se refere a quem quer e precisa se organizar mas, por acreditar nesses mitos, não se sente motivado ou acha que não vai ser possível. Mas e se alguém não quiser ser organizado, tem algum problema? Claro que não!

Tenho a impressão que às vezes as pessoas querem ser organizadas apenas porque está “na moda” ou porque alguém disse a elas que precisam ser assim para serem mais eficientes, terem uma vida melhor, serem mais felizes.

Eu sou uma pessoa organizada. Eu não sei viver em meio ao caos. Bagunça me irrita. Não consigo trabalhar, não consigo produzir, não consigo fazer nada se as coisas estiverem bagunçadas. Eu gosto de manter tudo organizado, cada coisa em seu lugar. Gosto de me planejar e programar minha rotina. Mas isso sou eu. Muitas pessoas são assim também e tantas outras não são.

O que eu quero dizer é que você não precisa ser organizado se não quiser. Se sua vida flui bem e você funciona melhor no caos, ok! Para mim não funciona. Mas isso não deve ser regra. Você deve querer se organizar se achar que isso vai facilitar a sua vida, se sentir que a desorganização está de trazendo problemas e te atrapalhando. Senão, deixa para lá.

Agora me contem: vocês são organizados? Se não são, tentam ser? Ou são da turma do caos? Conhecem mais algum mito sobre organização que eu não falei aqui? Acreditavam em algum desses? Digam tudo nos comentários!

Até mais,

Juliana Sales

14 comentários sobre “5 mitos que podem atrapalhar a sua organização

  1. Eu vivo me organizando e desorganizando…Sabe tenho áreas que sou extremamente organizada, outras, sofro para organizar…
    Na verdade acredito que seja um processo… No momento minha mesa de trabalho esta lindamente organizada, mas, como ainda não são nem 9 horas da manhã, até as 17 estará uma bagunça, aí é hora de reorganizar…E assim vou vivendo…
    Abraços

    Curtido por 1 pessoa

  2. Também não conseguiria viver no caos, pra mim esse estilo de vida seria impossível. Mas isso não quer dizer que sou extremamente organizada, não mesmo, posso dizer que sou organizada dentro da minha desorganização. Acho que sou mais organizada em determinados aspectos e em outros nem tanto. Realmente existem pessoas que têm mais facilidade nesse sentido, mas como vc disse a escolha do método errado, que não atende às necessidades individuais pode ser um empecilho e não uma ajuda de fato.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Adoro suas postagens! Organizar-me é uma luta constante quando me refiro a organização doméstica, que é algo que confesso não gostar tanto! rsrsr! Mas sabe que neste ano tenho tentado superar esse limite e tenho conseguido!? Acho que devo um pouco às minhas visitas aqui! E lhe sou grata! Parabéns por mais esse belo e construtivo post!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Confesso que já cheguei a acreditar em alguns desses mitos antes e lendo seu post vi que não é verdade!
    Todo mundo consegue se organizar sim, é só pesquisar um método que agrade e ir praticando aos poucos e com calma!
    Sempre fui aquela pessoa desorganizada, mas que consegue “se achar na própria bagunça”, sabe ? Eu sempre arrumo minhas coisas de um jeito organizado, mas passa alguns dias e já desarrumo tudo de novo HUHSUAHS já percebi que tenho esse defeito, mas pretendo mudá-lo logo!

    Adorei seu post!

    Beijos
    http://invernode1996.blogspot.com.br

    Curtido por 1 pessoa

  5. Oi Juliana… boa tarde!
    Estava aqui a pensar sobre tudo que já li sobre organização e sobre como conquistar um estilo próprio a partir do que existe no mundo dos organizadores. Acho que a tarefa mais complicada é justamente essa: encontrar um caminho para si, passando pelo dos outros. Escolhendo o que não ser e o que não nos serve.
    Eu, por exemplo, gosto de ver minha mesa arrumada, pronta para um dia de trabalho. Espio aquele instante em que tudo está no seu devido lugar. Cada item tem seu próprio espaço.
    Mas, confesso que adoro vê-la desorganizada.
    O caos após uma semana de trabalho, significa que eu alcancei algum resultado. Caso contrário, a paz no ambiente-mesa permanece e o caos vai parar em outro lugar: dentro de mim.

    Gosto imenso de ler e saber os métodos que cada um usa ou não, para confrontar como minhas manhas e manias. Acho válido, até porque (lendo você) entendi algumas coisas minhas e ao invés de tentar mudar, passei a aceitar. Houve momentos, por exemplos, que adaptei uma ou outra coisa para minha rotina diária. Que a verdade é essa, tudo é rotina nessa questão de se organizar. A gente só precisa estar de acordo para seguir o ritmo.

    bacio

    Curtido por 1 pessoa

  6. Oi Juliana!
    Eu adoro as reflexões que seus posts me trazem. Eu sou moderadamente bagunceira… ahahahah Eu tenho alguns problemas ainda na parte do manter organizado. Acaba que no trabalho eu consigo manter um fluxo muito bom, tudo tem seu lugar, consigo sair e deixar a mesa arrumada para o dia seguinte, o que facilita eu ver as pendências e resolver.
    Em casa, a história é outra. Eu costumo ter os dias que eu paro e dou aquela boa organizada, mas, como o tempo em casa durante a semana é bem curto e, nesse tempo, eu preciso dedicar a outras coisas, acaba que sempre acumulo uma bagunça ao longo dos dias que só será devolvida aos lugares aos fins de semana. De certa forma, em casa, já me habituei a isso. Relevo a bagunça, sigo o fluxo das coisas que preciso fazer e as resolvo. Então, essa parte meio caótica, até que funciona, já que as horas que passo são contadas e dedicadas à outras atividades que me fazem ter a semana produtiva, acho que essa minha bagunça é o que chamam de bagunça produtiva… eheheh
    xoxo

    Curtido por 1 pessoa

  7. Oi Ju!
    Bagunça também me incomoda e muito!
    Me considero organizada e procuro deixar tudo em ordem.
    Sou daquelas que depois de arrumar o armário abre as portas dele um monte de vezes para curtir como ficou bonito…hahaha
    Eu particularmente gostei do livro da Kondo e acho que é uma questão de bom senso. Não se deve jogar tudo fora claro, mas tbe nao adianta mudar a bagunça de lugar, é preciso por vezes destralhar sim 🙂
    Bjs e até o próximo post. Adoro quando tem novidade por aqui

    Curtido por 1 pessoa

  8. Volta e meia me pego caindo na mentira de que minhas coisas vão ficar organizadas para sempre haha. Coitada de mim! Eu me considero organizada para muitas coisas e muito desorganizada para outras. Gosto da sensação de ter tudo sob controle quando se trata de trabalhos e o blog, me dá uma leveza, mas não tenho destreza para me manter assim sempre. Por isso mesmo invisto em coisas que podem me ajudar, e também tento focar em uma coisa de cada vez 🙂
    Já ouvi falar do livro da Kondo, mas tenho quase certeza que não iria gostar!
    Adorei o post (como sempre) ❤

    Curtido por 1 pessoa

  9. Estou tentando me organizar ao máximo nesses últimos tempos e confesso que tem sido bem difícil, já tentei vários métodos e nunca consigo conclui-los então resolvi dar umas adaptadas e parece que está fluindo, estou sempre organizando minhas coisas e parece que elas nunca estão organizadas hahaha vai entender.

    Curtido por 1 pessoa

    • Olá! Você está no caminho certo, adaptar um método para nossa realidade é o que faz ele realmente funcionar. Afinal, é como eu sempre digo: organização é para facilitar e não dar mais trabalho e estresse.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s