Como usar a metodologia OKR para alcançar suas metas

A metodologia OKR  é muito conhecida no ambiente empresarial. Diversas empresas conhecidas e bem sucedidas, tais como o Google, o Twitter, o Walmart,  a utilizam para criar um plano estruturado para alcançar suas metas. OKR pode ser definido como um conjunto de objetivos que, ao serem alcançados, contribuem para os objetivos macro de uma organização (fonte).

O OKR nada mais é do que um processo simples de definição de metas e que permite alinhar e engajar todos os funcionários em busca de atingir as metas estabelecidas. O conceito foi criado por Andy Grove, CEO da Intel nos anos 70. No final dos anos 90 a metodologia se tornou conhecida quando John Doerr, um investidor em empresas de tecnologia, a apresentou ao pessoal do Google.

A ideia do uso do OKR nas empresas é traçar uma política efetiva de cumprimento de metas. Entretanto, metas não são exclusividade de empresas. Todos nós temos nossas metas pessoais. E se uma metodologia é boa o bastante para ser usada por empresas conhecidas para bater suas metas, nada impede que ela possa ser usada em termos pessoais, para nos ajudar a alcançar nossas metas particulares.

A metodologia é relativamente simples e se baseia em dois parâmetros: objetivos e resultados chave (daí o nome OKR, do inglês Objective and Key Results). Objetivo é a sua meta, aquilo que se deseja alcançar. Resultados chave são pontos mensuráveis que permitem que você trilhe o caminho em direção a sua meta. Vamos falar um pouco mais sobre esses parâmetros.

laptop notebook caneca agenda caneta

Foto de Nick Morrison em Unsplash

Objetivos

Seu objetivo é a sua meta. Mas para que uma meta vaga e idealizada seja atingida ela precisa ser expressa por meio de um objetivo específico e concreto. Eu já falei um pouco disso em um post aqui do blog sobre a metodologia SMART, que também ajuda a tornar suas metas realizáveis. Uma meta pode ser só um desejo abstrato. Mas um objetivo, quando bem traçado, se traduz em algo a ser alcançado através da execução de várias tarefas que juntas se tornarão o objetivo realizado.

Um objetivo OKR deve ter descrições qualitativas do que se deseja alcançar. Deve ser facilmente memorizável. É importante que ele seja curto, simples e inspirador. Pode parecer bobagem, mas a forma de escrever o seu objetivo faz toda a diferença. Quando você está fazendo uma tarefa difícil, chata ou cansativa, fica mais fácil lidar com ela e encontrar motivação se você mantém seu objetivo em mente. E para isso o seu objetivo deve ser curto e simples, para ser fácil de se lembrar e de se entender. Deve ser inspirador para que você se sinta estimulado a realizar as tarefas mais complicadas e entendiantes para alcançá-lo.

Resultados Chave

Os resultados chaves estão diretamente ligados ao seus objetivos. Cada objetivo deve ter alguns resultados chave. São aquelas situações que devem ser alcançadas para permitirem a conclusão do objetivo. Além disso, os resultados chave devem ser mensuráveis, pois tais medidas é que indicarão se você está progredindo ou não em relação ao seu objetivo.

Os resultados chave não são tarefas. Eles são medidas que permitem controlar a execução das tarefas. É importante que eles sejam quantitativos e que possam ser facilmente medidos. O recomendado é que cada objetivo tenha de 2 a 5 resultados chave.

Para entender melhor como funciona a dinâmica do objetivo e dos resultados chave, podemos recorrer a fórmula de Doerr. Sim, o mesmo que eu mencionei no começo do post e que foi o responsável por espalhar a metodologia OKR. Doerr tem uma fórmula extremamente simples para traçar metas e que reflete perfeitamente o funcionamento da metodologia OKR.

A fórmula é a seguinte:

Eu vou _________(1)____________ medido por ________(2)__________.

Os espaços em branco devem ser preenchidos respectivamente por: (1) Seu objetivo e (2) Seus resultados chave. Essa fórmula permite escrever suas metas de forma adequada porque ela descreve o que você vai realizar (seu objetivo, no espaço 1) e como vai medir a sua evolução em direção ao que quer realizar (conjunto de resultados chave, espaço 2).

calendario mao caneta

Foto de rawpixel em Unsplash

No final das contas a metodologia é extremamente simples:

  • defina seu objetivo. Se for algo de longo prazo, quebre-o em sub objetivos menores. A metodologia OKR propõe ciclos de metas curtos, que podem ser constantemente revisados e aprimorados.  Então se o seu objetivo precisar de um prazo maior para ser realizado, divida-o em etapas, onde cada etapa tem um objetivo no qual é aplicado o OKR.
  • tente não ter muitos objetivos ao mesmo tempo. O OKR é um exercício de priorização, escolha apenas os objetivos mais importantes para você. Senão você corre o risco de ter uma lista com várias metas para as quais não haverá tempo suficiente para se dedicar a todas elas.
  • determine de 2 a 5 resultados chaves para cada objetivo.

A partir daí é pura organização de tarefas. Identifique as ações necessárias para alcançar cada resultado chave e planeje seus dias para realizar tais atividades. Lembre-se sempre que não adianta traçar metas, fazer um excelente planejamento, se você não trouxer isso para o seu dia a dia, executando de fato as tarefas que precisam ser feitas. Definição de metas e planejamento são apenas ferramentas para que suas ações contribuam para realizar seus objetivos.

Por fim, duas observações sobre o OKR antes de finalizar o post. A proposta da metodologia é de utilizar ciclos curtos, para que o processo se torne mais dinâmico. Em empresas, o recomendado é que se divida os objetivos anuais em objetivos trimestrais, ou seja, trace metas para um período de três meses e ao final deles revise, analise, aprimore e passe para a próxima etapa, para mais um período de três meses. Para as suas metas pessoais você é quem define de quanto tempo será o seu ciclo.

Tome cuidado para não transformar o OKR em uma lista de tarefas. Não é para listar tudo o que você quer ou precisa fazer. É para traçar os seus objetivos mais importantes atrelados a resultados que podem ser medidos e avaliados. Como eu disse antes: priorize. O importante é entregar resultados e não uma lista de tarefas todas riscadas mas que não contribuíram em nada para o seu objetivo.

Me contem nos comentários: como vocês traçam suas metas? Como fazem para que elas não fiquem esquecidas no fundo da gaveta? Acham que a metodologia OKR pode ajudar?

Até mais,

Juliana Sales

16 comentários sobre “Como usar a metodologia OKR para alcançar suas metas

  1. Eu já tinha ouvido falar dessa metodologia por aqui. Tenho um Engenheiro a casa, acho que já lhe disse isso. Ele me deixa doida com suas planilhas. Sou de humanas e tenho fórmulas imprecisas de organização. Preciso do caos para organizar-me. Em algum momento tudo sai do lugar para se organizar, quase naturalmente. Ele não entende isso. Ele precisa dos padrões e eu me divirto como tudo funciona em seu mundo. No meu, no entanto, não daria certo.

    bacio

    Curtido por 1 pessoa

    • Lunna, sempre acho interessante quando você diz que precisa do caos para se organizar. Ainda quero pesquisar e entender mais sobre isso, como a organização as vezes caminha lado a lado com o caos. Mas para mim já sei que isso não funciona. Eu sou a pessoa das planilhas e dos padrões. Minha vida fica melhor assim 🙂

      Curtir

  2. Óh, mãezinha, porque tiraste do teu ventre só para eu descobrir que existem zilhões de técnicas de organização e que eu não sui nenhum, e que no fundo eu tenho alam de desorganizada? Hahaha.
    Ok, brincadeiras a parte, toda vez que venho aqui percebo que não consigo utilizar eficientemente nenhuma das técnicas, por mais que eu tente. Sinceramente, nem sabia que empresas GRANDES conseguiam usar.
    Adorei ler sobre a OKR. É muito interessante, e parece bem simples lendo (quero ver na hora de colocar em prática!)..
    beijos.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Que interessante aplicar uma técnica adotada por grandes empresas no nosso dia a dia. Acho que é mais um método bastante válido de organização. Estou aprendendo muito aqui no blog, não imaginava que pudessem existir tantos métodos diferentes. Mais um ótimo post Juliana!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Olá!
    Interessante essa metodologia, e acho que poderei aplicá-la ao clube do livro de que faço parte (sou uma das organizadoras e tenho que planejar bastante pra que saia tudo conforme desejamos ^^’)
    Agradeço por trazer tanto essa quanto outras explicações sobre esses métodos de organização que tanto nos auxiliam no dia a dia 😉
    Beijinhos e boa semana
    Isabelle – https://livrosgatoscafe.wordpress.com/

    Curtido por 1 pessoa

  5. Não conhecia esta técnica e até que achei interessante e fácil de por em prática, eu sempre preciso de algo assim para não perder meu foco. Adorei a dica de dividir metas anuais em um ciclo de trimestral e ir revisando entre um período e outro. Bjos

    Curtido por 1 pessoa

    • É bem simples de colocar em prática mesmo Mari. E dividir as metas de longo prazo para períodos menores ajuda muito, tanto a ter controle do que está sendo feito quanto a não perder a motivação e o foco.

      Curtir

  6. Oi Ju!
    Bem interessante essa metodologia, acho que ela deve ajudar bem a manter o foco nas coisas que se quer realizar, sem desviar demais pelo caminho. As tarefas e coisas simples a serem feitas acho que podem ser distribuídas de maneira a adotar até algum outro método prático de organização mais para o dia a dia que dê certo com a pessoa e, em paralelo, seguir o OKR. Bem elaborado, anotei aqui a fórmula, acho que ela já um bom exercício até mesmo para definirmos o que é prioridade e o que é necessário na jornada pra alcançar os objetivos.
    Adorei o post, como sempre! 🙂
    xoxo

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Rê! A fórmula é um ótimo exercício mesmo, tanto para fazer andar nossos projetos, como para definir prioridades. É algo super simples, mas muito útil. Que bom que gostou do post!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s