Vamos falar sobre como criar uma rotina da manhã?

Quem já acompanha há algum tempo os posts do blog sabe que eu, definitivamente, não sou uma pessoa matutina. Eu odeio acordar cedo. Eu não funciono direito antes das 10 horas da manhã. E não, isso não é coisa de gente preguiçosa. Eu já falei por aqui sobre cronotipos e como existem 4 tipos diferentes, que determinam em quais horas do dia você está mais ativo e se sente mais disposto e em quais momentos você fica com a energia mais baixa. É uma questão biológica/fisiológica.

Eu sou uma pessoa mais produtiva a partir do fim da tarde e a noite. Tanto que é nesse horário que eu me dedico as tarefas mais importantes do meu trabalho. E eu tenho a felicidade de trabalhar como autônoma e em home office, então tenho a possibilidade acordar tarde. E meu dia funciona muito bem assim.

Entretanto, um assunto que tem despertado meu interesse já faz alguns meses é a questão da rotina da manhã. Eu sou adepta da rotina. Gosto de me planejar e estabelecer com antecedência como será meu dia, minha semana, meu mês. E a rotina faz parte disso, no sentido de criar/listar uma série de ações a serem cumpridas periodicamente.

A maioria dos especialistas em organização e produtividade concorda que a rotina é uma excelente ferramenta para otimizar nossas tarefas e o uso do nosso tempo. E uma recomendação bastante comum é estabelecer uma rotina da noite (coisas para fazer antes de dormir, incluindo tarefas que facilitem o dia seguinte) e rotina da manhã (coisas para fazer assim que acordar).

Eu nunca tive uma rotina da manhã e da noite muito definida. A noite porque tenho muita facilidade para dormir, simplesmente deito e durmo. E pela manhã porque não começo a trabalhar logo que eu acordo, então aproveito esse tempo para fazer as mais diversas atividades que não estejam relacionadas ao meu trabalho.

Mas, como eu mencionei antes, essa questão da rotina da manhã tem despertado meu interesse, principalmente depois de ouvir falar sobre o livro “O Milagre da Manhã“. Minha primeira impressão foi que se tratava de algum tipo de leitura de auto ajuda. E não que eu tenha alguma coisa contra esse tipo de livro, mas quando se fala em produtividade eu tenho preferência por coisas mais práticas e com embasamento científico tanto quanto possível.

Entretanto, comecei a ver alguns especialistas em produtividade recomendando o livro, mesmo que com certas ressalvas. E vi também que a ideia central parecia ser relacionada justamente a questão da rotina, propondo um ritual a ser realizado todas as manhãs, ao acordar. Ainda não li o livro mas pretendo fazê-lo em breve para formar minha própria opinião sobre.

A questão é que eu pensei que poderia ser interessante desenvolver uma rotina a ser seguida pela manhã, de forma a aproveitar melhor esse tempo. Inclusive porque vários estudos apontam que a forma como você começa o seu dia reflete ao longo de todo ele. Se você acorda irritado, estressado, com pressa, o resto do dia tende a seguir esse padrão.

frutas cafe livro

Foto de Uby Yanes em Unsplash

Outro ponto é que eu gostaria de testar se é possível aproveitar os benefícios de uma rotina matinal mesmo que eu não acorde cedo. Então comecei a pesquisar dicas e sugestões de como criar uma rotina da manhã, principalmente com atividades não relacionadas ao trabalho, porque eu normalmente só começo a trabalhar mais tarde e a rotina das minhas atividades profissionais já é bem estabelecida.

A maioria das coisas que eu li a respeito se relacionam com as sugestões abordadas no livro “O Milagre da Manhã”. Como eu já disse, eu ainda não li, então minhas impressões são baseadas nas resenhas e opiniões de outras pessoas sobre. Depois que eu mesma ler, posso fazer um post aqui no blog com a minha visão.

A proposta de “O Milagre da Manhã” é estabelecer uma rotina baseada em 6 etapas: silêncio, afirmação, visualização, exercícios, leitura e escrita.

  • Silêncio: refere-se a gastar algum tempo simplesmente apreciando o silêncio, o que ajuda a diminuir o estresse e melhorar o foco. Alguns poucos minutos são suficientes e algumas atividades sugeridas são meditar, rezar, praticar a gratidão.
  • Afirmação: aqui trata-se de uma ferramenta para trabalhar sua mentalidade. Faça afirmações positivas que ajudem a trabalhar com suas inseguranças e medos, a lidar melhor com suas preocupações ou mesmo que motivem a ter um dia mais produtivo. Também não são necessários mais do que alguns poucos minutos.
  • Visualização: tem a ver com enxergar com clareza seu propósito, seus objetivos e metas. Outra vez, gaste apenas alguns minutos.
  • Exercícios: estamos falando de atividade física. Mas algo leve e rápido. Algumas das atividades mais comuns são caminhada, alongamento ou yoga. Mesmo que você faça atividade física regularmente em outro horário, dedique um tempinho para isso pela manhã.
  • Leitura: tire um tempo para ler. Pode ser o jornal, as notícias do dia, algum livro técnico ou de entretenimento. Leia algo que te inspire, que te dê novas ideias, que te ensine alguma coisa ou leia apenas para relaxar. Apenas pratique o hábito da leitura. Lembrando que não vale ler e-mails ou mensagens.
  • Escrita: a proposta é criar o costume diário de escrever. Pode ser algo como um diário, relatando acontecimentos ou algo mais reflexivo. Escreva sobre as coisas que te inspiram ou que te preocupam. Faça o planejamento do seu dia, faça listas, coloque seus pensamentos no papel.

notebook cafe

Foto de rawpixel em Unsplash

Superficialmente, sem maior conhecimento de todo o conteúdo completo do livro, essas etapas me parecem interessante e úteis e talvez eu as inclua na rotina da manhã que estou criando. Mas meu objetivo maior é incluir ações que realmente otimizem meu tempo e melhorem minha produtividade. Algumas sugestões baseadas no que eu encontrei pesquisando por aí:

  • Ter um bom café da manhã. Já tem um tempo que eu perdi o hábito de sentar e tomar café da manhã. Como acordo tarde apenas como “alguma coisinha” e espero até a hora do almoço. Mas isso é algo que eu já tinha intenção de mudar, porque também tenho buscado cuidar melhor da minha alimentação. A recomendação parece ser tomar o café da manhã com calma, sem pressa e consumindo alimentamos leves mas que forneçam energia.
  • Criar um checklist de coisas a serem feitas. Ter esse checklist pronto ajuda tanto a não esquecer de nada quanto evita que você tenha que ficar se perguntando a todo momento: o que eu tenho que fazer agora? Estou criando o meu e certamente vou incluir algumas etapas do milagre da manhã (como exercícios, leitura e escrita) além de coisas que já começam a me preparar para o meu dia de trabalho, como fazer um bloco de leitura e resposta de e-mails e mensagens e checar o planejamento do dia (que eu costumo fazer no dia anterior).

Esse post foi um pouco diferente dos meus posts tradicionais pois não estou apresentando uma técnica ou método que eu já testei e explicando como funciona. Eu quis dividir a minha intenção e meu processo de criar uma rotina da manhã, algo que até então eu não tinha feito.

Eu ainda não defini totalmente minha rotina, mas a ideia inicial é: acordar, tomar café da manhã e me exercitar. Tomar banho, ler, escrever, gastar um tempinho nas redes sociais. Praticar um idioma (estudo inglês e espanhol, mas ando negligente nesse aspecto já tem um certo tempo). Ler e responder e-mails e mensagens. Não sei se será exatamente assim, mas essa é a ideia geral. Claro, também pretendo testar e ver como será na prática.

Futuramente, posso fazer um post contando melhor como ficou essa minha rotina, assim que ela estiver consolidada. E eu adoraria saber se vocês tem uma rotina matinal e como ela é. Me contem nos comentários, me deem sugestões, me falem algo que vocês fazem e que acham que todo mundo poderia fazer.

Até mais,

Juliana Sales.

19 comentários sobre “Vamos falar sobre como criar uma rotina da manhã?

  1. Bem, fiquei meio pensativo porque a única coisa que eu faço no meu dia a dia é procastinar kkkkkkkk. Sempre deixo pra amanhã o que eu posso fazer hoje. Acabei criando uma mania de criar cronogramas e calendários para poder administrar melhor meu dia a dia, por um tempo tá tudo uma maravilhosa, mas chega uma hora que eu acabo não fazendo o que eu tinha que fazer e acabo estragando tudo 😦 Aí eu começo tudo de novo. Nunca tomo café na hora certa, nem almoço e nem jantar, é mais quando eu estou com fome mesmo, ou seja, minha vida é uma bagunça kkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Mas, pretendo mudar. Esse livro que você mencionou não parece ser muito o tipo que eu leio porque, assim como você, eu também pensei que era de autoajuda, e mesmo não sendo, nunca leria algo deste tema. MAAAAAAAAAAS, às vezes nós temos que nos desafiar né? É meio que divertido tentar algo novo. E, bom, irei repensar sobre isso ^_^

    Bjs, Shuu.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Oie!!

    Eu já sou uma pessoa bem matutina. Gosto de começar minhas atividades pela manhã e prefiro o descanso para a parte da tarde/noite.
    Geralmente não sigo uma rotina rigorosa, faço um momento de silêncio, tipo uma meditação, faço alongamento, tomo meu café e depois começo meu trabalho. Mas como estou afastada, geralmente é na parte da manhã que mexo com as coisas do blog.
    Achei interessante o post e depois quero saber como consolidou sua rotina de manhã.

    bjs
    Fe

    Curtido por 1 pessoa

  3. Sou uma pessoa que funciona melhor de manhã, talvez por isso intuitivamente já adote vários dos pontos propostos no post. O café da manhã pra mim é sagrado, aproveito esse momento para curtir o silêncio do início do dia com tranquilidade. Logo após leio as notícias do dia, verifico meus e-mails e começo a realizar minhas tarefas diárias.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Menina sou completamente diurna…Adoro acordar cedo, tomar um cafézinho preto, um pão com manteiga e pronto “bora” começar a correria… No final da tarde já não quero fazer nada…É a hora do “meu tempo, meu momento”, o sofá me chama…
    Abraços

    Curtido por 1 pessoa

  5. Eu gosto muito de acordar cedo, mas também adoro dormir, então, é uma contradição que eu preciso lidar todos os dias. Eu gosto muito de ter uma rotina, mas ainda estou trabalhando na minha da manhã. Como comecei a trabalhar agora, estou querendo otimizar meu tempo para fazer tudo o que eu preciso fazer.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Eu tenho uma rotina matinal sim, e isso desde que pequena. Claro que com o passar dos anos, as coisas foram mudando; antes era basicamente acordar “na marra” e ir pra escola/faculdade/trabalho; hoje, sem trabalhar fora no momento, eu ainda acordo cedo (não perdi esse hábito), e adoro fazer isso! Sério, eu amo acordar bem cedinho, antes de todos na casa, preparar o café enquanto vejo algum vídeo dos canais que sigo no YouTube, depois saio pra caminhar, volto pra casa, tomo café da manhã, leio e aí sim vou começar a fazer as tarefas que planejei pro dia (que são das mais variadas, depende do dia e da minha disposição XD)
    Gostei da premissa desse livro e aguardo sua opinião sobre ele. Também espero que você consiga colocar em prática seus planos de rotina matinal, pois acho que ajuda mesmo a melhorar nosso dia 😉

    Curtido por 1 pessoa

  7. Respirei fundo… pronto!
    Oi Juliana…

    Não sou uma pessoa da aurora, gosto de ir dormir as cinco da manhã e acordar por volta das duas ou três. Mas, existe verão e ele me atordoa, incomoda, perturba e leva toda a minha disposição para bem longe. Então eu me desarrumo por inteira nessa estação que todos parecem amar, menos eu! Eu me demoro pelos cantos e ter disciplina nesses dias é quase impossível. Então quando eu sinto o corpo propício a atividade, eu vou lá e faço, seguindo um cronograma de atividades a realizar. Faz uma semana que não arrumo a minha mesa e tem uns três dias que olho para ela. Mas está muito quente em Sampa para isso.
    Enfim… daqui a pouco passa (precisa passar) e vou ao normal.

    Eu gosto das manhãs de sábado para escrever em diários-cartas. E gosto das tardes de domingo para preparar meus textos. Escrever é coisa diária, mas são rascunhos que precisam de cuidado e isso eu faço aos domingos e AMO fazer isso depois do almoço, quando a tarde caí e todo mundo volta para casa. Coisa maluca da infância.

    No decorrer da semana, gosto de chegar aos lugares de escrita depois do meio-dia, mas por causa do sol, tenho saído antes das nove e me aborreço um bocadito com isso.

    Aff, já estou a escrever um livro sobre o tema.
    Bacio

    Curtido por 1 pessoa

  8. Nossa, já faz quase um mês que eu não sei que é “manhã” haha. Como estou de férias, acabo dormindo e acordando muito tarde. Mas isso vai terminar na segunda-feira da semana que vem, pois assim que minhas aulas voltarem eu já começo a me organizar para voltar a funcionar bem a partir das 5:30 a manhã. Na verdade, mesmo não gostando muito do DIA e me considerar uma pessoa noturna, não posso negar o quanto o dia se torna mais produtivo quando acordamos cedo e temos um rotina a ser seguida.
    Eu amei o seu guia, e o fato de você ter trazido esse assunto para o blog, mesmo, como você disse, podendo acordar tarde. 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  9. Oi Juliana!
    Eu adorei o post, mesmo não sendo no jeito ‘tradicional’ dos posts do blog. Eu sem dúvidas não sou uma pessoa matutina, e isso me atrapalha muito porque trabalho fora (8h) e isso significa a necessidade de levantar cedo e passar o dia todo fora de casa.
    Faz tempos que preciso estabelecer algo pra hora que eu acordo, um ritual pra cuidar de mim, ter tempo pra tomar café da manhã em casa, respirar e, então, começar o dia.
    Adorei a indicação do livro (quando vi o título a primeira vez também achei que seria de autoajuda… eheheh), vou aguardar a resenha dele pra ver se vale a leitura também! ❤
    xoxo

    Curtir

  10. Pois bem, não sou uma pessoa matutina, mas preciso acordar as 5 da manhã e isso tem acabado comigo hahahaha. Talvez toda a minha procrastinação venha disso, pois estava aqui pensando, antes eu acordava as 8h00 no máximo 9h00 com pique total, tomava meu café, me arrumava e nunca perdia a hora pra nada e cumpria todos os meus compromisso.
    Hoje, acordo as 5 …entro no modo soneca, levanto as 5h40…fico sentada olhando pra parede e a vida passa e eu chego atrasada no serviço e não consigo dormir cedo.
    Acho que se eu tivesse um horário de gente pra acordar eu estaria mais ativa e melhor;

    Curtido por 1 pessoa

  11. Eu também não era, depois da leitura do livro o milagre da manhã minha vida simplesmente mudou é sério gente! Coloquei em prática cada uma dessas ações que você falou, adaptei a minha rotina e automaticamente minha vida foi mudando, até da depressão me curei, parabéns por falar desse assunto se as pessoas soubessem a diferença que faz! Por mais posts assim, por mais blogs assim.
    Também falei sobre o assunto na verdade montei um método pra ajudar as pessoas nisso visitem lá 🙂
    https://simplesmenterosana.wordpress.com/2019/03/26/3-passos-para-felicidade-com-sua-crianca/

    Curtido por 1 pessoa

    • Eu acho que a rotina faz toda diferença mesmo Rosana. Desde esse post pra cá eu já mudei algumas vezes minha rotina da manhã, e já tem um tempinho que eu acho que cheguei em um formato que parece definitivo. Eu continuo não acordando cedo, porque não gosto e não preciso, mas eu desenvolvi uma rotina para logo depois de acordar e faz sim uma bela diferença na forma como o dia flui. Algumas das coisas dessa rotina foram baseadas no Milagre da Manhã, apesar de ainda não ter lido o livro (mas pretendo ler até o final do ano). Fico feliz que tenha gostado do post e do blog, obrigada por comentar!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s