Como lidar com momentos improdutivos

Semana passada eu falei por aqui sobre momentos em que nos desorganizamos, perdemos o controle das nossas tarefas e tudo sai dos trilhos. Uma consequência direta disso é que nessas ocasiões deixamos de ser produtivos. Paramos de realizar nossas atividades e não conseguimos chegar a lugar algum, deixando de obter resultados.

Mais uma vez, isso pode acontecer com qualquer um. E não necessariamente precisa estar ligado a um período de desorganização. Muitas vezes nossa energia simplesmente fica baixa e, por mais que tenhamos tudo organizado e planejado, simplesmente não conseguimos começar a trabalhar em nossas tarefas.

E quando isso acontece geralmente caímos em um círculo vicioso difícil de sair: deixamos de fazer nossas tarefas e elas vão se acumulando. Ao olhar para uma lista gigantesca de tarefas nos sentimos desanimados, incapazes, frustrados e pior, sem conseguir sair do lugar. Muitas vezes nossa mente está distraída, não conseguimos nos concentrar o suficiente no que precisa ser feito ou não sabemos por onde começar ou simplesmente não encontramos vontade para fazer as coisas.

Dentro dessa situação existem muitos aspectos e é legal entendê-los para conseguir sair dessa fase e voltar a ser produtivo. A primeira pergunta talvez seja: porque não estou fazendo minhas tarefas? Falta motivação? É cansaço? Não sei por onde começar? Não sinto vontade?

Falta de motivação é comum, principalmente quando temos pela frente tarefas chatas, difíceis ou monótonas. Eu até já falei por aqui sobre como driblar a falta de motivação. Existem várias formas de fazer isso, dependendo de porque a desmotivação apareceu. Por outro lado, a falta de vontade é algo mais difícil de lidar. Desmotivação é momentânea, falta de vontade pode ser algo que requer ajuda profissional. Vamos dizer que você tem um objetivo de longo prazo, algo que você quer muito. No processo de chegar lá, é comum ter momentos de desmotivação, principalmente se você tem que passar por algum tipo de tarefa mais complicada para chegar ao objetivo final. Mas isso pode ser contornado se você mantiver em mente o “aonde quer chegar”. Já se você simplesmente não tem vontade, nem mesmo de alcançar o seu grande objetivo, algo mais sério pode estar acontecendo e não são técnicas e dicas de produtividade que irão resolver o seu problema.

planner caneta folhas

Foto de Freshh Connection em Unsplash

Esse post então traz dicas de como resolver um período momentâneo de baixa produtividade, onde suas tarefas estão acumuladas e isso só piora a sua indisposição de começar a lidar com elas. Talvez um das causas mais comuns seja a energia baixa. Eu acredito que a produtividade se baseia em 3 fundamentos: tempo, energia e atenção. O  problema mais comum de quem está improdutivo é a falta de tempo. Em seguida vem a falta de energia, que é quando você tem tempo, mas não tem disposição para fazer as coisas. E por fim, vem a falta de atenção, que é quando você tem tempo e energia, mas não consegue se concentrar.

Cada um desses fundamentos pode causar uma queda na produtividade quando em falta e cada um deles deve ser gerenciado de forma diferente para chegar a níveis que te permitam ser produtivo. Você precisa gerenciar seu tempo se planejando e sabendo quais as suas prioridades. Sua energia é influenciada pelo seu sono, períodos de descanso, alimentação, estresse,  dentre muito outros fatores que devem ser avaliados. A falta de atenção requer técnicas para melhorar a concentração e o foco.

Falando de forma mais prática, quero deixar três dicas para superar esses momentos de baixa produtividade com atitudes pequenas e simples. Mas antes quero lembrar que está tudo bem você ter esses momentos. Não precisa se desesperar nem ficar se culpando. Se precisar dar um tempo, passar um dia inteiro procrastinando, ok.  Depois, quando for voltar ao seu ritmo normal, veja essas três dicas.

Se você está se sentindo improdutivo e não consegue fazer suas tarefas, muito provavelmente seus hábitos, rituais e sua rotina também foram deixados de lado. Retomar tudo isso é um bom primeiro passo para voltar a ser produtivo. Uma coisa que faz parte da minha rotina, por exemplo, é programar ao longo do meu dia 2 ou 3 blocos de resposta, que são os momentos que eu tiro para checar e responder e-mails, mensagens do whatsapp e coisas assim. Não tem um horário fixo, depende do que eu tenho para fazer no dia. Quando eu estou em uma maré de baixa produtividade, eu acabo deixando de fazer isso e, ou abro o e-mail e respondo mensagens várias vezes por dia, ou então não verifico nada e deixo tudo acumular. Para voltar, uma das primeiras coisas é inserir isso na minha rotina novamente. Isso vale para qualquer rotina que você tenha e que te ajude a usar melhor o seu tempo, como as rotinas da manhã e da noite, por exemplo, ou algum ritual específico na hora do trabalho.

notebook cafe caderno lapis planta

Foto de Alexandru Acea em Unsplash

Outra dica é tornar as coisas tão fáceis quanto possível. Não queira voltar ao seu ritmo normal de produtividade imediatamente. Você pode estabelecer uma única tarefa importante para fazer por dia. Escolha alguma coisa que te dará a sensação de dever cumprido se você terminar naquele dia. Não precisa querer fazer tudo de uma vez. E comece com coisas simples, se você está voltando de um momento mais improdutivo, não adianta querer fazer uma tarefa longa ou muito complicada, que requer muita concentração ou energia. Comece pelo mais simples. Se você só tem as tarefas mais complexas, divida-as em pequenas partes, em tarefas menores, e faça um tarefinha de cada vez, e depois passe para a próxima e assim sucessivamente.

Por fim, e mantendo essa ideia de simplificar, faça uma coisa de cada vez. Se a multitarefa já é ruim em circunstâncias normais, quando você está fora de ritmo, ela pode ser ainda pior. Afora o cansaço e o desperdício de energia mental causados por fazer várias coisas ao mesmo tempo, a sensação de que tudo que você tem que fazer e urgente e importante e você tem que fazer tudo de uma vez é opressora e pode te desmotivar ainda mais.

Para finalizar, quero reforçar que não tem absolutamente nada de errado com esses momentos em que não somos produtivos. Quem tem lido meus últimos post ou me acompanha pelas redes sociais, já deve ter notado que eu tenho pensado cada vez mais nessa busca descontrolada por produtividade o tempo todo, onde parece que ninguém pode ter um momento de preguiça, de procrastinação, de cansaço. Isso não é saudável, não somos máquinas que estamos bem o tempo todo. Eu gosto de passar aqui dicas e técnicas para quem tem buscado ser mais produtivo para alcançar seus projetos, realizar seus sonhos. Mas tenho vista agora que é importante também passar a mensagem de que precisamos lidar com a nossa produtividade com leveza e de forma saudável. E a mesma reflexão vale para a questão de desorganização.

No fundo, tudo é para fazer a vida funcionar de forma melhor. Você vive bem no caos? Ok. Está em um momento improdutivo? Tudo bem (desde que não seja um longo período, porque aí pode ter algo mais profundo acontecendo). Quer sair do caos e viver de forma mais produtiva para te ajudar a realizar suas metas? Me acompanha que sempre temos dicas e técnicas por aqui, além de algumas reflexões para entendermos melhor a forma que lidamos com tudo isso.

Até mais,

Juliana Sales

 

 

20 comentários sobre “Como lidar com momentos improdutivos

  1. Às vezes parece que empacamos em um projeto e a coisa não vai. Nossa, é terrível, mas como você disse, não pode-se ficar muito tempo com essa improdutividade, precisamos passar por cima, pois se ficarmos parado esperando cair uma solução, as consequências começarão a aparecer.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Tenho passado por um período de improdutividade ultimamente, muito por conta de desmotivação. Aos poucos tenho tentado voltar ao meu ritmo de antes, já adotei a sugestão de fazer as tarefas por partes, cada dia um pouquinho, assim não me sobrecarrego e, ao mesmo tempo, não deixo nada acumulado.

    Curtido por 1 pessoa

    • A desmotivação uma hora ou outra aparece pra todo mundo mesmo, Patricia. E é aos poucos que a gente volta mesmo, sem se exigir demais, se não tudo pode desandar de novo.

      Curtir

  3. Post veio em ótima hora. Realmente falta de motivação parece o meu caso e eu confesso que complico algumas cosias fáceis rs. Grato por mais essas dicas 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  4. Olá! Achei o seu post bem legal com dicas valiosas. Também acho interessante ir testando estratégias.

    Eu percebo que eu fico assim quando eu estou muito focado em executar tarefas e não tenho nenhum momento de lazer ou diversão. Ou nem um momento que não seja planejado, sabe?

    Quando isso acontece, eu inclusive frequentemente fico doente porque minha imunidade cai e eu também tenho horrores de caspa (eu tenho caspa em momentos de estresse, fora deles não costumo ter).

    Então, acho que o importante para conseguir ter consistência e manter o ritmo de trabalho é não esquecer de ter momentos de prazer e descontração. Nem tudo precisa ser calculado e planejado, né? A gente precisa de uns momentos de “folga” disso também. Justamente para não enlouquecer e continuar sendo disciplinado.

    Curtido por 1 pessoa

    • É bem isso mesmo, descanso e lazer não podem ser negligenciados. Na forma como eu enxergo produtividade, eles são indispensáveis para alcançar o equilíbrio. E sim, planejamento não deve ser sinônimo de rigidez e inflexibilidade, afinal não somos máquinas, não é?

      Curtido por 1 pessoa

  5. Oi Juliana, buongiorno.
    Eu costumo ter períodos improdutivos após finalizar um trabalho, tudo se desorganiza e sai do fuso natural, mas é um processo, que eu respeito. A mente precisa de pausa… acho que precisa de uma reciclagem. rá
    Eu saio para andar, tomar café com os amigos. Nada faço… deixo passar o tempo. No começo (principalmente na época da faculdade) eu levava o corpo a exaustão, tentando ser produtiva, sem sucesso. Nos primeiros anos de trabalho (na área da psicanalise) também, mas, curiosamente, a o lado da escrita me deu uma paz e tranquilidade nesse sentido. Trabalhar com a produção artística me fez respeitar o timing do meu corpo, da minha mente, Parei de agir contra. rs

    bacio

    Ps. Ainda não li o post da semana passada, está na lista de coisas para ler. Esse mês de agosto está um bocadito insano.

    Curtido por 1 pessoa

    • As vezes acontece comigo também, Lunna, depois de terminar projetos maiores. Acho que quase intencional. O problema é quando essa situação acontece alheia a minha vontade. Enfim, fico feliz de você ter entendido que trabalhar até a exaustão, como você disse, é exatamente o oposto do que eu entendo como produtividade e da mensagem que eu quero passar.

      Curtir

  6. Nossa, era o texto que eu precisava, viu?
    Estou com tantas coisas para fazer que a falta de motivação bateu e acabei empacando.
    Minha maior dificuldade é pôr em prática isso de uma coisa por ver porque sempre me bate o desespero e acabo indo pro multitarefa que você bem disse é ruim, pois acabo tentando fazer várias coisas ao mesmo tempo e não finalizo nenhuma ou pouquíssimas!
    Obrigada pelas dicas mais uma vez!

    Beijos,
    Amanda Rocha

    Curtido por 1 pessoa

    • Que bom que um texto chegou em um momento oportuno Amanda! E veja, você já identificou que sua dificuldade é não ser multitarefa, já é o primeiro passo para mudar isso. Não é do dia para a noite claro, mas vai mudando sua mentalidade aos poucos. Aqui tem bastante dica sobre isso, espero que te ajude!

      Curtir

  7. Shii, Amiga? Sabe que às vezes as coisas não fluem por aqui também?? Fato é que eu planejo muitas tarefas para o mesmo dia. Mas quando não rola si não piro mais. Simplesmente remanejo para os próximos dias da semana!😉 Bjsss

    Curtido por 1 pessoa

  8. Às vezes me sinto assim e parece que nada sai do lugar, já cheguei a deixar tudo de lado, tamanha desmotivação. Muitas vezes, nesses períodos, eu sinto um cansaço enorme.
    Mas uma coisa tenho tentado fazer, não ficar muito tempo entregue, e uma técnica e vc justamente falou é a de fazer uma coisa por vez, até se sentir bem novamente.
    Gostei muito do post!!

    bjs

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s