O que mais te atrapalha na hora de se organizar? Parte 2

Para quem não viu, há duas semanas teve um post aqui no blog baseado nas respostas que eu recebi para uma pergunta que fiz no stories do Instagram quase um mês atrás. A pergunta era justamente essa do título e o post trazia formas de lidar com essas situações que vocês mesmos me contaram que atrapalham  na hora da organização. Como o post acabou ficando muito extenso, eu dividi em duas partes: essa aqui é a segunda e você pode clicar aqui para ver a primeira. Vamos continuar vendo então quais as maiores dificuldades encontradas pelas pessoas na hora de se organizar

Hábitos

Uma dificuldade comum, que também apareceu nas respostas, foi a dificuldade de criar hábitos que facilitassem tanto o caminho quanto a manutenção da organização. Uma pessoa disse que tinha dificuldade de se lembrar de anotar as coisas e duas ou três disseram que não se lembravam de revisar as anotações e o planejamento que faziam.

E realmente, isso é uma questão de incorporar esses hábitos a sua rotina. Todos sabemos que não é fácil desenvolver novos hábitos ou substituir hábitos antigos e uma dica que eu dou é a leitura do livro O Poder do Hábito (que, inclusive, eu já fiz post aqui). No livro ele explica de forma prática como criar novos hábitos e no post eu falei um pouco também, resumindo o conteúdo do livro.

E isso vale não só para o hábito de anotar suas tarefas ou revisar suas anotações. Qualquer coisa que você precise incluir na sua rotina para facilitar sua organização é um novo hábito a ser incorporado. Por exemplo, fazer um planejamento semanal, devolver as coisas ao lugar depois de usar. Organização passa por desenvolver novos hábitos e é sim uma dificuldade bem comum consolidar esses hábitos. Isso, aliás, envolve um outro problema que também foi mencionado com uma dificuldade para se organizar: manter a disciplina.

Disciplina

Disciplina e organização andam lado a lado, inclusive porque mudar de uma pessoa desorganizada para alguém organizado requer uma mudança de rotina e a aquisição de novos hábitos que vão precisar de disciplina para se firmar. E quando eu falo de disciplina, eu estou me referindo a capacidade de fazer o que precisa ser feito mesmo quando não estamos dispostos ou motivados.

Se tornar uma pessoa organizada requer uma mudança de mentalidade e para isso e necessário ter disciplina. E assim como é dito no livro A Única Coisa (veja o post sobre ele aqui), ser disciplinado nem precisa ser algo tão difícil ou trabalhoso como a maior parte das pessoas pensa. Segundo o autor desse livro, nós só precisamos ser disciplinados enquanto estamos tentando transformar uma nova forma de agir em um hábito. Isso porque, depois de consolidado, o novo comportamento passa a ser automático, como todo hábito. Percebem? Você não precisa de mais disciplina na sua vida e sim gerenciá-la melhor, concentrando seu uso para manter um novo comportamento/atitude com constância até que ele se automatize na forma de um novo hábito.

Disciplina também envolve auto controle, no sentido de dominar comportamentos que não desejamos mais ter. Se você se distrai com facilidade, por exemplo, precisa de uma dose de disciplina para conseguir manter o foco e a concentração. Se você já sabe que ser multitarefa é prejudicial e está tentando mudar, tem que ter disciplina para conseguir se dedicar à apenas uma tarefa por vez.

agenda cactos

Foto de ivorymix.com

Falta de tempo

Acho que essa deve ser a campeã das dificuldades que as pessoas tem para conseguir se organizar. “Me falta tempo”, “tenho muita coisa para fazer e não sobra tempo”, “preciso de mais tempo”, são algumas das respostas que recebi e que tratam desse problema.

Vou dizer uma coisa que é meio polêmica mas que eu aprendi na prática: falta de tempo não existe. Todo mundo, absolutamente todo mundo, tem as mesmas 24 horas no dia. Então porque algumas pessoas conseguem fazer várias coisas e ainda ter tempo livre enquanto outras estão sempre atrasadas, perdendo prazos e sendo soterradas por mil e uma coisas a serem feitas?

A resposta é que não falta tempo. Falta definir prioridades. Falta parar de gastar seu tempo com o que não é importante. Falta entender que não, você não vai dar conta de tudo, e tudo bem. Falta saber delegar. Falta organização. No final das contas é uma via de mão dupla: se você não tem tempo para se organizar nunca terá tempo para nada justamente porque você não se organiza.

Aqui, a conversa é direta: está tudo uma bagunça e você sabe que precisa se organizar, porque nada mais na sua vida funciona direito e você vive estressado? Então, admita que se organizar é uma prioridade e deixe coisas pouco importantes de lado para poder direcionar seu tempo para o processo de organização.

Claro que se você vai começar a se organizar do zero, até se estruturar e a organização estar consolidada, você vai precisar dispender sim um pouco de tempo para isso. Mas o ponto é quanto tempo você vai ganhar depois, porque organização é para isso também, eliminar a perda de tempo.

Eu entendo que se você vive lidando com urgência e imprevistos parece impossível encontrar uma brecha. É aí que entra o planejamento. É ele que te permite controlar e gerenciar a forma como você usa o seu tempo e, assim, incluir no seu dia momentos para se dedicar a sua prioridades, enquanto aos poucos você lida com urgências. Aliás é o planejamento que faz com que consigamos trabalhar em nossas prioridades mesmo quando surgem imprevistos. E também é por isso que um planejamento nunca deve ser rígido e inflexível.

Então, se você não tem tempo para se organizar, você precisa criar esse tempo. Para isso você tem que saber suas prioridades e moldar o uso do seu tempo, através do planejamento.  E ao fazer isso, você está automaticamente começando a se organizar. Tudo está ligado e tudo é um processo só, um ciclo virtuoso.

notebook caderno lapis celular

Foto de Karolina Grabowska em Kaboompics

Falta de colaboração de terceiros

Posso dizer que, de longe, essa é a dificuldade mais difícil de contornar. Porque parar de procrastinar, criar novos hábitos, ser disciplinado e arrumar tempo depende só de nós mesmos. Mas não podemos controlar o comportamento de outra pessoa.

E infelizmente, aqui eu não tenho uma resposta pronta. Cada caso é um caso e cada indivíduo é um ser diferente e é na convivência que precisamos aprender a lidar com a desorganização do outro, seja um colega de trabalho, o marido ou filhos.

Se a desorganização de um colega de trabalho te atrapalha você precisa encontrar formas de minimizar algum prejuízo que você venha a ter: deixe uma margem de segurança no que se refere a prazos, por exemplo. Se você é chefe, deixe sempre claro os prazos e a interdependência entre as diferentes atividades. Não tenha medo de cobrar responsabilidades. Se o problema é um colega de trabalho, talvez a única coisa que você pode fazer é reportar ao seu chefe. Não devemos tomar para nós responsabilidades que não são nossas. E, acima de tudo, se organize você, mantenha as suas coisas em ordem. Muita vezes isso é suficiente para minimizar danos e estresse vindo da desorganização dos outros. E ainda pode acontecer de você inspirar pelo exemplo.

Se o problema é em casa, acho que a chave é o diálogo. Converse com seu marido/filhos e fale sobre os problemas da desorganização. Facilite as coisas, tentando entender onde e porque a bagunça surge. Veja se a organização está funcional. Talvez o lugar que você estabeleceu para guardar certas coisas não seja o ideal. Seu filho sempre deixa a roupa suja no banheiro ao invés de colocar no cesto da área de serviço? Que tal colocar o cesto no banheiro? Seu marido chega em casa espalhando chave, sapatos, relógio e larga a correspondência em qualquer lugar? Coloque uma bandeja perto da porta para miudezas (chave, relógio, óculos) e outra para papéis em geral. Dá pra entender? Facilite a organização, deixe tudo mais prático e intuitivo.

Com esses dois posts eu tentei cobrir todas as respostas que eu recebi lá nos stories, sobre como lidar com o que mais te atrapalha na hora de se organizar. Eu respondi todo mundo diretamente por lá também, mas se você ainda tem alguma dúvida, deixa aqui nos comentários ou manda mensagem lá no Instagram. E se você tem alguma outra dificuldade que não apareceu em nenhuma das duas partes desse post me conta também, que eu vou tentar te ajudar a solucionar isso.

Até mais,

Juliana Sales

16 comentários sobre “O que mais te atrapalha na hora de se organizar? Parte 2

  1. Esse post acertou em cheio quando o quesito hábito atrapalha na organização. Eu tenho uns vícios que me atrapalham de mais, como anotar tudo o que preciso fazer em papéis avulsos e depois fica tudo perdido por aí e minha agenda permanece em branco. Também o péssimo hábito de falar “Depois eu faço”, “Depois eu vejo”, depois, depois e depois… Aí quando vejo está em cima da hora. Aff… Preciso mudar, urgente!!!

    Curtido por 1 pessoa

    • Uma dica para mudar esse hábito de anotar tudo em papéis por perto e ter SEMPRE a vista a sua agenda. Carregue com você, deixe sempre ao alcance da mão, bem a vista mesmo. Torne mais fácil anotar nela do que ficar procurando papéis avulsos. Ou você pode tentar também anotar no celular, usando algum aplicativo ou o bloco de notas mesmo.

      Curtir

  2. Comprei um calendário com quadrados grandes que mais parece um planer mensal, Vou escrever minhas tarefas nele heheh. Minha rotina é completamente insana e se eu definir tudo que é de fato prioridade, vou ficar sem tempo pra um momento de ócio criativo e isso está me deixando completamente maluca hehehe
    Abraços e gratidão pelos textos super úteis.

    Curtido por 1 pessoa

    • Esse calendário é uma ótima ferramenta Darlene. Considerando o que você escreveu, quero te sugerir uma coisa: você disse que se definir tudo que é prioridade vai ficar sem tempo. Talvez o problema seja justamente você dar prioridade para tudo, entende? Prioridades são poucas, uma só se possível. Se a gente tiver muitas prioridades acaba não tendo nenhuma porque tudo parece ter a mesma importância. E se analisarmos com cuidado vamos ver que dentre todas essas supostas “prioridades” tem algo que é mais importante que todo resto. E, claro, mantenha sempre esse seu momento de ócio criativo, que também é muito importante. Fico feliz que os post do blog sejam úteis!

      Curtido por 1 pessoa

      • O problema é que não tem como eu definir só uma prioridade (acredito eu), por exemplo: minhas prioridades no momento são acordar por volta das 6 pra conseguir estudar pelo menos 40 minutos/fazer trabalhos do curso, me arrumar e ir chegar no trabalho as 10 (moro em uma cidade e trabalho em outra). Saio do trabalho as 18 e já pego ônibus direto pro curso que é em uma terceira cidade, só consigo chegar em casa por volta das 23:30, pra comer algo e preparar minha marmita pro dia seguinte (sou vegetariana e não como na rua pq fica muito caro e meu salário não cobriria essa despesa). Todo o resto eu vou “encaixando” entre esses momentos (responder comentários no blog, ler pequenos textos e etc. são coisas que faço nas pausas de lanche do trabalho, ou na fila do mercado quando consigo ir, ou no intervalo do curso). Ah! E tbm tenho as reuniões do partido político que participo e que me tomam uma noite a cada 15 dias mais ou menos (esse ano tive as segundas feiras livres e usava esse dia pra reunião, ano que vem vou ter que faltar no curso a cada 15 dias pq vou ter aula todos os dias), enfim, tudo um caos por aqui

        Curtir

  3. As redes sociais pra mim sempre serão um dos grandes motivos de eu me atrapalhar na hora de tentar organizar a minha vida. Odeio isso. Ótimo texto ❤❤❤❤

    Curtido por 1 pessoa

  4. Para mim o ponto chave no quesito organização é o hábito, ou melhor, a falta dele. Sou meio resistente a mudanças então acabo procrastinando, deixando muitas coisas que deveriam ser feitas de imediato pra depois e isso só me atrapalha. Preciso aprender a ser mais flexível e saber moldar minha rotina às minhas necessidades do momento.

    Curtido por 1 pessoa

    • Eu também tenho certa resistência a mudanças Patrícia e preciso de uma boa motivação para me submeter a uma. Para minha sorte, melhorar minha organização e produtividade por si só já é pra mim uma motivação e tanto, então nesse aspecto consigo fazer as mudanças necessárias com mais facilidade.

      Curtir

  5. Hábito vs organização … conheço quem consegue quase transformar a organização em um hábito, mas meu caso é mais tenho hábito de bagunçar, mas seus posts sempre ajudam um pouco 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    • Mas no fundo é só uma questão de trocar um hábito pelo outro Daniel! Nossos hábitos são criados e destruídos por nós mesmos. Nem sempre é fácil, claro, mas se é algo que queremos vale a pena. E fico feliz que os posts ajudem!

      Curtir

  6. Minha cara, para mim a parte mais complicada foi estabelecer uma disciplina de maneira a não se tornar rotina… porque eu odeio rotinas, embora reconheça que somos feitos de rotinas. Ma eu me canso facilmente com repetições e obrigações, então precisei encontrar um caminho para estabelecer a minha disciplina sem que isso fosse enfadonho… não é fácil, mas depois que a gente alcança um lugar no mundo, parece simples. E você me ajudou bastante com isso, ao ler-te fui percebendo várias coisas por aqui, em mim e no meu universo cheio de pequenas façanhas.

    bacio

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Lunna, fico feliz em saber que tenha conseguido estabelecer sua rotina escapando das repetições. E, sabe, na verdade, rotina não precisa necessariamente ser repetitiva e que bom que você conseguiu perceber isso na prática. Fico mais feliz ainda de saber que eu ajudei um pouquinho. 😉

      Curtir

  7. Sinceramente eu acho até engraçado quando alguém me diz que não gosta de nenhum tipo de disciplina. Quer dizer, é algo quase essencial pra gente conseguir se organizar e alcançar nossos objetivos! Já comentei em vários posts que eu sempre gosto de anotar tudo e de estar em um lugares organizados, pois isso me ajuda a me manter em ordem hehe. Ultimamente eu juro que estou tentando me manter focada nas coisas que realmente tem de ser feitas, embora seja um tanto difícil nas férias hihi.
    O post está excelente, como sempre! Eu amo ler as coisas que você escreve ❤

    Curtido por 1 pessoa

    • Concordo totalmente com você Luana, disciplina é essencial para se mover para frente a chegar onde queremos. Penso que talvez muitas pessoas não gostam da ideia porque associam a disciplina com algo chato e inflexível e não obrigatoriamente tem que ser assim. E fico feliz de saber que gosta de ler o que escrevo ❤

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s