Criando uma rotina e um cronograma de limpeza da casa

O tema do post de hoje já vem sendo pedido aqui no blog tem um tempinho. Desde que eu falei sobre o método FlyLady, no próprio post, começaram a surgir perguntas sobre como organizar a rotina de limpeza da casa, fazendo um pouco por vez e sem ter a necessidade de fazer um super faxina e limpar tudo de uma vez.

O fato é que eu sempre odiei aquela coisa de “hoje é dia de faxina”. Sempre me pareceu um trabalhão enorme e eu ficava pensando se não havia uma outra forma de fazer isso. Óbvio que ninguém quer viver no meio da bagunça e da sujeira, mas eu sempre me perguntei se não seria mais prático fazer por partes ao invés de querer fazer tudo de uma vez só e gastar horas ou até um dia inteiro.

Mas eu nunca tive muita noção de como organizar isso, então seguia reclamando, mas fazendo do mesmo jeito de sempre. Por isso, a descoberta do método FlyLady foi um achado, porque me mostrou uma forma diferente de gerenciar as tarefas de organização e limpeza da casa. Eu conheci o método já tem muitos e muitos anos, no blog da Thais, mas só fui colocá-lo em prática a pouco tempo, mais ou menos na mesma época que eu escrevi o post por aqui.

Na realidade, eu não sigo o método criteriosamente, apenas adotei ideias e conceitos para criar uma forma de manter a casa limpa e organizada sem me estressar e sem tomar muito do meu tempo. É isso que eu vou compartilhar nesse post, deixando sempre claro que não é uma regra nem a única forma certa. É apenas o que eu faço, e quem sabe pode funcionar para você também ou ao menos servir como inspiração para você organizar sua própria rotina.

Pra começar eu divido todas as coisas que preciso fazer na casa em dois grandes grupos: coisas que precisam ser feitas todos os dias e  as coisas que não precisam ser feitas todos os dias! Eu sei que parece óbvio, e é, mas na hora de se organizar fazer essa divisão ajuda muito.

decoracao sala

Foto de Kara Eads em Unsplash

Então o primeiro passo é fazer uma lista de atividades diárias, que são aquelas tarefas que você vai fazer todos os dias. São coisas como lavar louça, arrumar a cama, limpar as pias. O importante aqui, assim como em todo o resto do processo, é você conhecer sua casa e suas necessidades. Dê uma volta pelos cômodos, listando tudo que você acredita que precisa ser feito diariamente. O critério é totalmente pessoal: aqui, por exemplo, limpar o fogão não é uma tarefa diária até porque não cozinhamos todos os dia, então não suja. Mas se você tem o hábito de cozinhar na hora do almoço e do jantar, provavelmente limpar o fogão vai entrar na sua lista de tarefas diárias.

Faça essa lista e a mantenha sempre à vista: ela será sua rotina diária de limpeza. O ideal é que a quantidade de tarefas nessa lista não seja muito grande, afinal você não vai passar o dia inteiro limpando e nem vai fazer uma faxina. Coloque na rotina diária de limpeza o mínimo essencial, ou seja, aquelas tarefas básicas a serem feitas para que sua casa não fique bagunçada e suja. Não é para fazer uma limpeza pesada, são tarefas de manutenção.

Para as demais tarefas, que não precisam ser feitas diariamente, o princípio para começar a organizar é o mesmo: percorra cada cômodo da sua casa anotando tudo que precisa ser feito. Mas é para anotar absolutamente tudo, inclusive aquelas tarefas que você faz com menor frequência, por exemplo, limpar as lâmpadas/luminárias, arrastar os móveis ou limpar o teto. Não tenha pressa, analise com calma cada cômodo e anote tudo que precisa ser feito.

O próximo passo é separar o que foi anotado nessa lista em categorias de acordo com a frequência a ser feito. É fácil: avalie cada item que você escreveu na lista de coisas a serem feitas na cozinha e separe: o que precisa ser feito uma vez por semana? Uma vez por mês? A cada 3 meses? De novo, os critérios para definir essas categorias são pessoais: algumas pessoas acham necessário esvaziar e limpar a geladeira uma vez por mês e para outras a cada 3 meses é suficiente. O mesmo raciocínio vale para todos os ambientes da casa.

Não se esqueça também de anotar as datas de quando você fez cada tarefa, para não se esquecer quando precisará fazer de novo. Você pode anotar na própria lista de tarefas, criar uma planilha para isso ou simplesmente anotar em uma agenda ou calendário. O importante é manter essas informações sob controle.

decoracao sala livros plantas

Foto de Patrick Perkins em Unsplash

Uma última dica, com relação as tarefas que você quer fazer semanalmente. Não precisa fazer tudo no mesmo dia, eu recomendo justamente o contrário: dividir as casa em zonas (conceito do FlyLady) e cuidar de uma zona por dia. A recomendação do método FlyLady divide a casa em 5 zonas:

  • Zona 1: entrada / varanda / sala de estar;
  • Zona 2: cozinha;
  • Zona 3: banheiro / quarto extra;
  • Zona 4: quarto principal;
  • Zona 5: sala de estar.

Claro que você não precisa seguir essa divisão, faça conforme a sua realidade e a sua casa. Algumas pessoas não tem quarto extra ou tem mais de um, outras não tem varanda mas tem quintal ou jardim. Divida de um jeito que faça sentido para você. O importante é dividir todas as tarefas a serem feitas semanalmente ao longo dos dias da semana e não escolher um único dia para fazer tudo. O mesmo vale para o que vai ser feito mensalmente ou trimestralmente: distribua ao longo do tempo para não se sobrecarregar.

Para terminar quero reforçar a importância de criar alguma forma de controle dessas atividades e das datas a serem feitas, senão você corre o risco de se atrapalhar e acabar se esquecendo de alguma coisa ou tendo que fazer várias tarefas ao mesmo tempo. Então pensei em criar uma espécie de planilha de controle para que vocês possam imprimir ou usar em meio digital mesmo e que ajude a separar e controlar essas tarefas. Na verdade eu até já tenho essa planilha, de uso pessoal, então só vou dar uma melhorada nela e disponibilizar para vocês, ok? Vou fazer isso na semana que vem, lá no instagram do blog, então me acompanhem por lá também!

[Atualização: clique para baixar a planilha]

E, como sempre, qualquer dúvida ou sugestão, os comentários estão abertos, vamos trocar uma ideia por lá!

Até mais,

Juliana Sales.

29 comentários sobre “Criando uma rotina e um cronograma de limpeza da casa

  1. Oi Juliana!
    Nunca pensei em criar um rotina ou cronograma para limpeza de casa…Para mim é meio obvio e até automático…Como a casa é grande separo as áreas pelos dias da semana, como sugerido no seu post…Como trabalho fora, também divido a organização da casa com marido e filha, todos colaboram…Assim não pesa para ninguém…
    Abraços

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Ale. sabe que você é exceção, a grande maioria das pessoas tem bastante dificuldade de organizar as tarefas de casa. Achei legal você dizer que já tem o hábito de dividir a casa em áreas, mesmo sem conhecer o método… isso mostra que ele é realmente efetivo.

      Curtir

  2. Esse cronograma é bacana e realmente ajudará demais em nossa organização, principalmente na divisão da limpeza diária e limpeza que fazemos com um tempo maior. Achei bem aproveitável o método FlyLady , que nos dá uma visão ampla de onde começarmos. Eu gostei e faria, pois parece que além de ser prático, parece cansar menos, nos dando mais disposição para limpar a casa, que cá entre nós, é chato pra caramba!!! rsrs

    Curtido por 1 pessoa

    • Concordo, também não gosto muito dessas tarefas de casa, mas temos que fazer né! Então eu sempre busco uma forma de facilitar o máximo possível e por isso gosto tanto de usar o cronograma.

      Curtir

  3. Olá Juliana!

    Nossa, eu nunca tinha pensado na possibilidade de criar um cronograma de limpeza. Irei colocar em prática e depois dou meu feedback. Mas a princípio parece ser perfeito! Eu mesmo, sou muito desorganizado com meu quarto! Ele vive bagunçado hahahahha acho que isso me ajudará.

    Curtido por 1 pessoa

  4. (Continuação do comentário anterior pois não sei como faz para apagar e reescrever)

    Por aqui as tarefas são divididas entre eu e minha mãe. Como passo muito tempo fora, ela faz a maioria das coisas que exigem luz do sol (lavar roupas, lavar o quintal dos cachorros), e eu assumo a parte de fazer a comida (em outro post seu, comentei um pouco sobre as loucuras do meu dia). Depois que li aqui sobre esse método, acabei adaptando algo dele aos meus dias: Todos os dias faço alguma coisa pra impedir a bagunça de acumular – Seja pendurar algumas peças de roupa pela manhã, seja olhar os livros e separar os que serão trocados/doados, ou organizar as contas pagas do mês na pasta que reservei para elas. Ler teu blog me fez ver que tem coisas pequenas que, se feitas metodicamente, evitam um caos maior. Ainda não sou um exemplo, mas chego lá um dia!
    Abraços

    Curtido por 1 pessoa

    • Te entendo Darlene, quando ainda morava com minha mãe, nunca consegui que ela organizasse a limpeza dessa forma. E você está certa, todo método pode (e deve) ser adaptado para a realidade de cada um e uma pequena atitude já faz a diferença.

      Curtir

  5. Esse post salva a gente hahaha.
    Já tem um tempo que não faço mais “o dia da faxina” e vou deixando as coisas em etapas. Mas não tenho o costume de organizar e sim, acabo me atrapalhando.
    Goste da divisão das tarefas, as diárias e aquelas que não precisam ser feitas diariamente e mais ainda separar a casa por zonas.
    Eu vou tentar esse método, gostei bastante e assim eu consiga me organizar melhor.

    bj

    Curtido por 1 pessoa

  6. Oii! Sabe que esse método de organização que você trouxe eu nunca havia ouvido falar!? Aff, pra te falar a verdade tenho fugido de limpeza e organização de casa! Não que não faça, mas que não gosto mesmo! Preciso realmente de umas dicas assim, para buscar inovar e experimentar alternativas que voltem a me atrair, sabe!? minha casa é muito antiga, requer obras, os espaços não são bem divididos… Vou experimentar e te dou após um retorno, combinado?! 😉 bjs de gratidão!!

    Curtido por 1 pessoa

    • Ana, eu adoro organizar as coisas em casa, mas dessa parte da limpeza também não gosto muito, sou péssima. Mas como você disse, temos que fazer né? Então eu tento facilitar o máximo possível e desse jeito que eu expliquei no post é o que funciona por aqui. Experimenta sim, quero saber o que você achou!

      Curtir

  7. Faz tempo que não faço mais o temido “dia da faxina” que realmente era bem cansativo e chato. O método FlyLady é excelente, pois além de manter a limpeza diária (limpando um pouquinho todo dia a casa se mantém arrumada), estimula a divisão de tarefas, ou seja, tudo vai ser limpo, mas dentro do período necessário. Tudo é uma questão de hábito e quem adota o FlyLady não muda mais de rotina!

    Curtido por 1 pessoa

  8. Acho incrível essa tática de dividir, e suas dicas são valiosíssimas (NUNCA pensei em dividir por área da casa, sério!). O único problema pra mim é que gosto de sincronizar limpeza/trocar roupa de cama/lavar o cabelo. Então acho q eu teria que organizar tendo isso em mente também, pelo menos aquelas coisas que eu julgo demandarem troca de roupa de cama. Mas com certeza que impossível não é. Vou tentar. Abs! ♥

    Curtido por 1 pessoa

    • Pois é Letícia, dividir a casa em áreas é simples né, e ajuda muito, mas eu mesma não fazia isso antes de começar a estudar sobre organização. E sim, na hora de planejar essas tarefas você incluiria também essas outras atividades que falou e não é tão difícil quanto pode parecer não!

      Curtir

  9. Se eu for adotar algo como o FlyLady, com certeza o que vai me pedir mais tempo são os livros, porque, menina, quanto livro eu tenho kkkk suas dicas são ótimas, programar-se é essencial para o que quer que seja, eu mesma faço isso pra conseguir lidar com meus quinhentos compromissos da faculdade.

    Curtido por 1 pessoa

    • Passo por isso também Camille, tanto que já tem um bom tempo que não compro livros novos, porque estou permanentemente insatisfeita com a forma como os meus estão organizados, mas ainda não achei o jeito ideal e admito que livro é um das poucas coisas que tenho dificuldade para desapegar!

      Curtir

  10. Boa noite, minha cara.
    Eu li o seu post no dia em que postou, o recebo em meu e-mail e comecei a pensar na minha rotina de cuidados com a casa. Bem, eu até tinha uma… mas, confesso que estou uma bagunça total. A quarentena quebrou meus ritmos. Ontem eu lavei roupas quando deveria ter cuidado do meu blogue. Hoje eu limpei a casa pela manhã porque dispensei a Livia (moça que faz a limpeza) porque não é justo eu ficar em quarentena e ela não. Sou péssima em algumas coisas. Faço o básico.
    Enfim, eu tenho por hábito sair para trabalhar… e isso funciona comigo. Quer dizer: funcionava. E eu estou tendo que me readaptar. Não está fácil. Mas eu me conheço o suficiente para saber que preciso respeitar o meu ritmo. Ao menos, nessa semana eu consegui uma data de retorno ao mundo dos vivos que, com certeza não será como antes, mas será alguma coisa. Então, é um primeiro passo.
    Vou tentar fazer uma lista de coisas a fazer nessa mansão imensa de 42 metros quadrados. rs. A de supermercado funcionou bem.

    bacio

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Lunna! Por aqui a moça que faz a limpeza uma vez por semana também não está vindo, por motivos óbvios. Também sou péssima com certas tarefas de casa, o que tem mantido as coisas em ordem por aqui é já ter esse cronograma tem um tempinho. E olha, listas sempre ajudam!

      Curtir

  11. Que post maravilhoso! É o que eu preciso,minha casa é grande…Tem muitos cômodos e sujamos todos eles… vou tentar as dicas e adoraria ter a planilha!

    Curtido por 1 pessoa

  12. Interessante ver alguém na internet falando sobre isso. Aqui em casa a gente tenta limpar os móveis e os quartos na sexta, e deixamos o restante da casa para sábado. Não chamaria bem de rotina porque tem umas semanas que isso não acontece, mas dá uma certa paz saber que tem um dia exclusivamente pra fazer isso… me dá a sensação de estabilidade!

    Curtido por 1 pessoa

  13. […] Criando uma rotina e um cronograma de limpeza da casa: os posts de organização de casa sempre fazem muito sucesso por aqui. Em 2019 eu comecei uma série de postagens sobre isso, dedicando um post para cada cômodo da casa e falando também de organização do guarda roupas e da despensa. E o último post dessa série foi justamente esse, em que eu contei como organizar a rotina da casa, para fazer um pouco por vez de forma a não se sobrecarregar e manter tudo limpo e organizado. Eu já disse por aqui que eu não gosto de fazer faxina: prefiro limpar um pouquinho todos os dias do que gastar um dia inteiro faxinando tudo. E essa também é a proposta do método FlyLady e foi a partir daí que foi escrito esse post. Tem até uma planilha que eu disponibilizei para te ajudar a se organizar com isso!  […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s