Como organizar a despensa e planejar suas compras

Quando eu fiz o post sobre organização da cozinha, eu comentei rapidamente sobre como manter a despensa organizada. Desde então já me pediram para falar mais de como se organizar para a compra de alimentos, de forma a não bagunçar a despensa comprando coisas demais e nem deixar faltar alguma coisa por ter se esquecido de comprar. O post de hoje é sobre isso.

A organização desse setor da casa envolve dois aspectos: à arrumação em si dos locais de armazenamento (principalmente a despensa e a geladeira) e o planejamento das compras. Quero falar nesse post sobre como fazer esse processa de organização, baseado em como eu faço por aqui.

Antes de tudo, a primeira coisa a ser feita é uma checagem geral do que você tem em casa. Não tem muito segredo: esvazie sua despensa, tire tudo para poder limpar e também verificar cada item. A limpeza cada um faz da forma que achar melhor e já estiver acostumado. Uma dica que eu peguei nem sei onde já tem um tempão é fazer uma misturinha de água, vinagre e bicarbonato de sódio.

Depois, a ideia é agrupar os alimentos, definindo categorias de acordo com o critério que você escolher. Um exemplo é separar por refeições: café da manhã, lanches, almoço, jantar, etc. Outra forma é se basear nas seções do supermercado: bebidas, mercearia, mantimentos secos, doces, conservas, enlatados, etc. O importante é categorizar de uma forma que faça sentido pra você.

Ao agrupar cada alimento verifique às condições e a data de validade. O que estiver vencido ou sem condições de ser consumido, descarte imediatamente.  Na hora de guardar, baseie-se nas categorias que você determinou. E lembre-se de colocar mais a frente os produtos que estiverem abertos e/ou com data de vencimento mais próxima. A medida em que for guardando e descartando os alimentos, crie duas listas separadas: em uma anote tudo que está sendo guardado – esse será seu “controle de estoque”; na outra anote o que foi descartado e que você tem intenção de comprar novamente: essa é sua lista de compras.

prateleiras alimentos na despensa

Foto de Allie em Unsplash

O mesmo processo vale para a geladeira: esvazie, limpe, separe os grupos em categorias e defina o que vai ser guardado e o que vai ser jogado fora. Da mesma forma, inclua nas suas listas o que está armazenado e o que precisa ser comprado. É importante não ter pena de descartar algo vencido. Além de o consumo ter grandes chances de te fazer mal, ver algo indo para o lixo ajuda a criar a consciência de comprar só o que vai ser realmente consumido para evitar o desperdício.

Algumas dicas pontuais para organização da despensa e da geladeira:

  • use cestos ou caixas para reunir itens pequenos e impedir que eles fiquem espalhados.
  • você também pode usar cestos ou caixas maiores para separar todas as categorias; não é necessário mas fica visualmente agradável.
  • alguns produtos acabam sendo retirados da embalagem original, principalmente para melhor conservação. Nesse caso, escolha embalagens que possam ser firmemente fechadas e prefira vidro ao plástico.
  • ainda quando retirar produtos do pacote original: não se esqueça de anotar no recipiente (em uma etiqueta, por exemplo) a data de abertura ou de validade.
  • os itens usados com mais frequência devem ficar mais à mão.
  • para a geladeira: carnes devem ficar no congelador ou no local mais frio; legumes e verduras ficam na gaveta de baixo, em saquinhos, para aumentar a durabilidade e manter o local mais limpo; não guarde os ovos na porta; frutas apenas quando já cortadas ou muito maduras.
  • cuidado para não prejudicar a circulação de ar deixando as prateleiras da geladeira muito atulhadas.

Vamos falar agora sobre a questão da compra de mantimentos. A primeira compra depois de organização é mais fácil: basta seguir a lista que você fez a partir das coisas que descartou. Acrescente itens que estejam acabando ou que por acaso você se lembre que precisa.

Para as próximas compras daí pra frente, eu recomendo fazer o que eu chamo de lista base: aquelas coisas que você sempre compra, que você nunca fica sem em casa. Os itens dessa lista variam de casa pra casa, porque dependem de quantas pessoas moram ali, quantas e que tipo de refeições são feitas, os hábitos de consumo e por aí vai.

Para começar a fazer sua lista junte as duas listas que você criou enquanto organizava a despensa e a geladeira. Depois tente se lembrar de itens importantes e que não estão ali. Leve alguns dias para criar essa lista porque ela vai ser sempre sua referência em termos de compra.

potes com mantimentos despensa

Foto de Nadia Pimenova em Unsplash

A ideia é ter essa lista sempre à mão, seja em uma folha colada na própria despensa ou presa na porta da geladeira ou feita no bloco de notas no celular. Sempre que um item acabar faça uma marcação ou inclua diretamente na lista para a próxima compra. Antes de sair para o mercado, cheque a lista base para ter certeza que não está faltando nada.

Outro ponto importante na hora de planejar as compras é definir a frequência: se você vai ao mercado toda semana, a quantidade que compra é diferente se for apenas uma vez ao mês. Por aqui, eu costumava fazer uma compra grande mensal e compras semanais principalmente de perecíveis: frios, frutas, legumes, padaria, açougue. Com essa questão do isolamento social, temos evitado ao máximo sair de casa, então não temos feito mais essa compra semanal. Os perecíveis estão sendo comprados com menos frequência: tenho congelado algumas coisas e escolhido frutas/legumes que duram mais tempo. Mais uma vez, é uma escolha pessoal: faça da forma que fizer mais sentido para você.

Por fim, algo que pode ajudar no planejamento das compras é ter pré definido um cardápio semanal ou até mesmo mensal, dependendo da frequência de compras. Esse não é um hábito que eu tenho, de planejar antecipadamente as refeições, mas muitas pessoas fazem e recomendam. Para quem realmente fica perdido sobre o que comprar, pode ser um bom guia fazer esse tipo de planejamento das refeições. E lembrando que não precisa, como todo planejamento, ser algo inflexível. É apenas um guia e não uma obrigação.

Nesse post eu foquei na compra e armazenamento de alimentos, mas os mesmos princípios valem para compras de casa em geral, como os produtos de limpeza e higiene, por exemplo. Espero ter conseguido ajudar um pouco sobre como organizar a despensa e a geladeira e como planejar as compras. Qualquer dúvida, os comentários estão abertos, como sempre. E aproveitem para me contar como funciona essa organização na casa de vocês.

Até mais,

Juliana Sales

13 comentários sobre “Como organizar a despensa e planejar suas compras

  1. Se eu falar que adoro esses posts sobre organização da casa vou ser repetitiva, mas eu adoro!!!
    Algumas coisas eu já faço, como colocar os itens que vão vencer logo na frente dos outros e a listinha na frente da geladeira, auxiliando na próxima compra de mantimentos.
    Já adotei também o uso de vidros ao invés dos plásticos e foi uma substituição bem acertada.
    Estou levando outras dicas que serão muito valiosas.
    Obrigada pelo post e faça mais destes!!!

    bjs

    Curtido por 1 pessoa

  2. Adoro esses posts! Por aqui é minha filha que faz a lista de compra ela adora essas coisas e é super centrada (mais que a mãe, rs)…Gosto de organizar coisas melhores dentro de cestinhos, na verdade uso pote de sorvete colorido, fica um visual lindo e acabo “não gastando”. Preciso comprar vidrinhos (de vários tamanhos), pois muitos depois de abertos permanecem na própria embalagem dependendo do que é acaba ficando murcho…Mas nesse isolamento social, não dá tempo, todos em casa, estamos consumindo tudo…
    Abraços

    Curtido por 1 pessoa

  3. Eu amei a ideia de ter algo a mão e próximo pra anotar a falta de itens, porque essa é uma das minhas grandes dificuldades. Faço armazenamento de acordo com o produto e também validade, colocando os mais próximos de vencer ao alcance e mais perto. Mas, confesso, sempre esqueço de coisas quando vou e volto do mercado porque não estavam na lista.
    Seu site, como sempre, sendo uma luz na minha vida. Uma coisa tão simples e não me toquei. Obrigada! ♥

    Curtido por 1 pessoa

  4. Vixi, aquei me casa, a cozinha é hiper organizada, minha mãe é muito enjoada e perfeccionista (Ela é chef, já viu então, né…), tanto que na hora e que preciso de algo, pergunto para ela, pois eu me perco em sua organização. Mas isso é fundamental, pois evita perder alimentos ou um contaminar o outro, caso estrague, Aqui ela organiza por embalagens e por funções, tipo: temperos, doces, óleos e azeites, cereais, etc…

    Curtido por 1 pessoa

  5. Olha, apesar de ser uma desorganizada assumida, surpreendentemente minhas dispensas são bem organizadinhas.
    Seja na cozinha ou no armário do banheiro.
    Aqui como somos só dois já sabemos o que comprar por mês e na hora d ir ao mercado ao invés de fazer uma lista costumamos fotografar a dispensa para saber o que falta.
    Aqui fazemos compras uma vez por mês e apenas coisas mais perecíveis que compramos com mais frequência como frios, legumes e frutas.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Aqui minha despensa costuma ser organizada, separo os alimentos por sessão, como no mercado. Um ponto super importante que você citou foi sobre a data de validade, sempre olho antes de comprar. Se estiver muito próxima da data de vencimento nem compro, o mesmo vale para o produto guardado: descarto na hora.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Minha despensa só tem basicamente grãos, café, chás, farinha de milho, temperos, óleo e açúcar. Compro a granel e já coloco nos vidros. Estou tentando aderir a um modelo de consumo e geração de resíduos mínimo e, agora com a quarentena, tive que comprar uma ou outra coisa enlatada pra garantir numa urgência (milho, ervilha, seleta de legumes). As compras da feira, que são a base da minha casa, estão maiores e assim como você, damos preferência a alimentos mais duráveis. A ideia de fazer uma lista base é ótima e com certeza irei aderir, embora sempre mude os tipos de grãos de acordo com o preço, mas para outros produtos, com certeza será uma facilidade e tanto.

    Ah! Gostaria de sugerir um tema: O uso de artefatos tecnológicos como a Alexa na organização da rotina. Percebo que algumas pessoas ficam perdidas sem o equipamento, de tão acostumadas que estão.

    Curtido por 1 pessoa

  8. Aqui em casa toda a vez que fazemos compras a gente esvazia a geladeira e limpa ela, assim tempos uma base de tudo que temos e se não esquecemos de comprar alguma coisa hahahha. Tem ótimas dicas desse post que com certeza vou aproveitá-las. Muito obrigado ❤

    Curtido por 1 pessoa

  9. Oi Juliana, tudo bem cara mia?
    Olha, a minha cozinha é pequena e eu optei por não ter dispensa porque não gosto de acumular itens. Faço feira as quartas e domingos e vou ao mercado uma vez por semana para comprar os ingredientes necessários para a semana. Geralmente com o cardápio definido. Como sou vegetariana, a maioria dos meus ingredientes não precisam ir para a geladeira e aguentam bem. Não sou muito fã de geladeira para ser sincera porque gosto de produtos frescos. Alface, no entanto, ficam na gaveta. E como não consumo congelados, não tenho freezer.
    Gosto de listas de compras e detesto desperdícios. Não tenho produtos que estragam a longo prazo porque não gosto de nada que contenha muito conservante. Evito mesmo. Acho que apenas café e leite condensado duram muito por aqui. rs

    bacio

    Curtido por 1 pessoa

  10. Antes de mais nada, preciso dizer que essas fotos me deram um prazer tão grande hehe. Tudo organizadinho, seria meu sonho? Falo isso porque, mesmo que aqui em casa tenha armários que servem de despensa, não chega perto dessa organização. Um dia quando eu tiver minha casa própria realizo o sonho de ter tudo em ordem, e com potes e vidrinhos para separar as coisas.
    Sinceramente, acho muito importante manter essa parte da casa bem organizada e limpa, mesmo que não tenham tantos alimentos.

    Curtido por 1 pessoa

  11. […] Aqui temos uma forma de uso muito semelhante ao brainstorm. Eu uso muito para produzir conteúdo do blog, no sentido de estruturar as ideias que eu quero passar no post. Antes eu fazia escrevendo em tópicos, mas o mapa mental me ajuda a pensar melhor no post como um todo e também facilita a construção do texto do post de forma mais coesa e sem que eu me esqueça de nada importante. No exemplo abaixo temos o mapa de um post que eu fiz sobre organização da despensa e da geladeira. […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s