Como lidar com uma pessoa desorganizada

Eu falo muito aqui sobre como a organização facilita nossa vida. E sobre o quanto perdemos por causa da desorganização: tempo, energia, paciência, motivação, oportunidades. A lista é longa. E de vez em quando eu recebo mensagens com uma questão muito relevante: o que fazer quando a pessoa desorganizada da história não é você?

É muito comum ver situações do tipo: “eu tento organizar minha casa, mas a organização não se mantém porque meu marido/esposa/filho são muito desorganizados” ou “não consigo me organizar no trabalho porque meus colegas/meu chefe não tem noção nenhuma de organização”. E eu sei bem como é isso, no meu primeiro emprego tive um chefe que era completamente desorganizado e a equipe inteira se virava do avesso para dar conta das demandas, o que era muito estressante e nem um pouco produtivo. Além disso, eu convivo de perto com uma pessoa que, se não é propriamente bagunceira, também não se importa com organização. E é sobre isso que vamos falar hoje.

A primeira questão a se dizer é que deve-se buscar entender porque a desorganização da pessoa te incomoda. É algo que de fato te prejudica e te atrapalha ou é um simples incômodo? Se for o segundo caso, infelizmente, não há nada que se possa fazer. Se não te afeta, é problema da pessoa, não seu. E eu sei que esse é um aprendizado difícil, alguém que ama organização como eu (e sabe dos seus benefícios) fica bem incomodado ao ver uma pessoa que não se importa com isso. Mas se não me afeta, não é problema meu.

Por exemplo, vamos supor que você mora com uma pessoa desorganizada. As suas coisas estão sempre em ordem mas as dela estão sempre uma bagunça. Você acha isso um horror? Sim! Te incomoda? Também! Mas muito provavelmente não te afeta. Se essa pessoa vive perdendo as coisas dela, nunca encontra nada do que precisa, é problema dela. Ela que se vire sozinha. E que não venha te pedir ajuda! Simples assim. Outro exemplo: a mesa de trabalho do seu colega é uma bagunça, cheia de papéis espalhados, tudo fora de ordem, um caos! Mas ele já te deixou na mão em alguma tarefa, já te fez perder algum prazo? Se não, o modo como ele deixa a mesa dele não tem nada a ver como você.

Infelizmente, na prática, sabemos que essas situações são minoria. Em casa, quem é bagunceiro, tende não só a bagunçar as próprias coisas, mas também as de uso comum. No trabalho, uma pessoa desorganizada comumente perde prazos e tem dificuldade em encontrar informações importantes. E aí, a partir do momento que essa desorganização do outro passa a te afetar, você precisa encontrar formas de lidar com isso com o menor nível de estresse possível.

mesa baguncada caneca notebook papeis espalhados

Foto de Ferenc Horvath em Unsplash

Aqui, precisamos deixar uma coisa bem clara: você não vai conseguir mudar ninguém à força. Não dá pra obrigar ninguém a ser organizado. Eu já falei em alguns posts que para o processo de organização funcionar ele precisa ter um propósito, ou seja, você precisa saber com clareza porque quer se organizar, quais benefícios isso irá te trazer. Se uma pessoa não vê ou não entende as vantagens de ser organizada, não é você que vai conseguir obrigá-la a mudar.

Portanto é preciso criar formas de lidar com isso, estratégias para contornar a falta de organização dos outros, “permitir” que eles continuem desorganizados sem que isso te prejudique. Acho que um bom começo é o diálogo. Converse, explique para a pessoa como a desorganização dela está te afetando, porque muitas vezes quem sempre foi desorganizado não consegue perceber o quanto isso afeta negativamente quem está ao redor. Muitas vezes ninguém ensinou essas pessoas a se organizarem. Pessoas naturalmente desorganizadas tendem a dizer que “conseguem se achar em sua própria bagunça” e muitas vezes isso é verdadeiro, mas elas precisam entender que mesmo que elas não tenham problemas com isso, podem estar causando problemas para os outros.

É claro que, como eu disse, não dá pra obrigar a pessoa a mudar. A conversa, o diálogo a que eu me refiro não é para isso. Mas sim para deixar claro quais problemas a desorganização está te causando e juntas encontrarem um meio termo. Isso é especialmente verdadeiro para quem mora com alguém muito bagunceiro. Tenha uma conversa sincera, estabeleça algumas regras simples, que funcionem para os dois lados, cada um cedendo um pouco.  Isso inclui encontrar um meio termo para as áreas de uso comum, mas também entender que o que é de uso individual, a pessoa tem todo o direito de deixar bagunçado, se quiser. Lembre-se de que se não te atrapalha, é melhor não se estressar com isso.

Vale lembrar que essa conversa deve ser tolerante e não exigente. Seja paciente. Entenda que ninguém muda da noite para o dia. Uma conversa em tom de imposição pode fazer com que a pessoa se feche ainda mais ao que você está dizendo e tenha maior dificuldade para entender seus motivos e enxergar seu ponto de vista.

Outra dica, ainda falando sobre quem mora com pessoas desorganizadas, é observar os problemas mais comuns e criar formas de organização específicas para contorná-los. Organização deve ser intuitiva. Facilite o processo, para que até quem é desorganizado, naturalmente se encaixe no seu sistema de organização. Se as pessoas que moram com você tem o hábito de, ao chegar em casa, jogar chaves, carteira, celular no primeiro móvel que encontram, porque não colocar ali uma cestinha para acomodar esses itens? Ninguém terá dificuldade em deixar os objetos ali porque já faz isso naturalmente. Faça da organização algo orgânico, natural.

mesa bagunçada papeis objetos diversos

Foto de Jazmin Quaynor em Unsplash

Quando falamos de ambiente de trabalho, a desorganização alheia pode ser tornar mais complicada, especialmente se seu chefe é o desorganizado em questão. Acredito que aqui ainda vale a dica do diálogo. Claro que a liberdade é menor, mas acredito que é sempre válido explicar seu ponto de vista, indicar possíveis problemas que estão ocorrendo por conta da falta de organização, apontar benefícios. Tudo de forma educada, não agressiva.

Algo que parece clichê mas que eu acredito muito que funciona, é ensinar pelo exemplo. Ou seja, mantenha o seu sistema de organização, organize suas coisas, o que está ao seu alcance. Faça com que todo mundo perceba na prática, no dia a dia, como o fato de você ser uma pessoa organizada facilita as coisas. Apenas tome cuidado para que ninguém se aproveite dessa situação, no sentido de deixar tudo para você fazer ou resolver, só porque você é a mais organizada. Você até pode abrigar tarefas que não são suas, mas apenas se isso não te sobrecarregar ou te estressar mais.

Agora, uma dica prática, algo que eu comecei a fazer naturalmente há um bom tempo e talvez até muitos de vocês também façam porque é bastante instintivo. Quando depender de qualquer forma de uma tarefa, ação ou posicionamento de outra pessoa, aumente a sua margem de segurança diminuindo os prazos. Ou seja, você precisa que um colega te entregue algum relatório até o dia 15? Diga que é para o dia 10. Alguns podem se incomodar por se tratar de uma “mentira”, mas eu chamo de me planejar levando em conta a desorganização do outro. Para mim é uma forma de minimizar o estresse que situações assim causam. Obviamente que, para chegar a usar essa tática, eu já conversei, já expliquei, já pedi e não resolveu. Então eu preciso me adaptar para conseguir fazer as coisas com tranquilidade e não me prejudicar.

Como eu disse no começo, é muito válido tentar entender porque a pessoa é desorganizada. Talvez ela esteja apenas sobrecarregada e receba de boa vontade sua ajuda para se organizar. Talvez a pessoa esteja desmotivada por algum motivo,  por exemplo, não ter domínio das tarefas que precisa fazer, ou ela esteja passando por algum problema ou momento difícil. Ou talvez ela simplesmente não tenha consciência de quanto a desorganização dela traz problemas para os outros. Quem sabe ela quer se organizar, mas não sabe como fazer. Ou pode ser até algum problema médico que de fato dificulta a organização. Por isso acho tão importante ter uma conversa clara sobre o assunto.

Alguém aí tem que lidar com uma pessoa desorganizada no dia a dia? Se tiver alguma dica, compartilha nos comentários!

Até mais,

Juliana Sales.

10 comentários sobre “Como lidar com uma pessoa desorganizada

  1. Ótimas dicas. Eu sou bem organizado, mas não tenho problema com desorganização alheia. Moro sozinho e no trabalho a organização de cada um não afeta na eficiência do serviço. O diálogo é a chave pra resolver quase todos os problemas da nossa vida.

    Beijos!!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Obrigada pelas dicas, Juliana! Vou tentar aplicar algumas aqui em casa (meu pai é um que é MEGA desorganizado e isso atrapalha a família toda :S)
    Fora isso, já tive chefe desorganizado numa empresa de pequeno porte onde trabalhei, e isso me desgastava bastante no começo, até eu meio que “entrar no ritmo” ^^’ Mas como você bem apontou, a melhor alternativa é sempre o diálogo. Pelo menos devemos tentar, né?!
    Beijinhos, bom final de semana e parabéns pelo post!

    Curtido por 1 pessoa

    • Espero que as dicas ajudem Bells e sim, acredito que o diálogo deve ser sempre a primeira alternativa. E olha, lidar com chefe desorganizado é um pesadelo… sobrecarrega todo mundo e o ambiente se torna tão estressante!

      Curtido por 1 pessoa

      • Suas dicas são boas , mas tem 25 anos que converso , tento , mas não consigo , meu esposo tampa as panelas após as refeições, pq ele sempre almoça após mim e os sapatos em todos lugares até em cima do armário da cozinha já peguei , roupas no chão , até os sabonetes ficam no chão do banheiro 🥲definitivamente eu cansei isso está mais que prejudicando . Cansada .

        Curtir

      • Poxa vida Rozelia, sapato em cima do armário? Olha, essas situações que você descreveu me aparecem que estão além ser apenas uma pessoa desorganizada. Tem gente que é distraída, tem gente que é um pouco desleixada e tem gente que simplesmente não se importa com organização, mas geralmente se resolve com diálogo, afinal o ambiente de casa tem que ser agradável para todos que moram nela, não é? Se você já tentou conversar amigavelmente, explicando com calma o quanto você não gosta dessa bagunça e mesmo assim não adiantou, eu realmente acho que não é mais uma simples questão de desorganização.

        Curtir

  3. Oi Juliana! Eu acho que todas as pessoas possuem algum tipo de organização mental, que as ajudam a se encontrar no meio da sua desordem, digo isso, porque tenho uma amiga que é completamente desorganizada e muito bagunceira mas, sempre sabe onde encontrar tudo que precisa no meio do caos. Atualmente, não frequento a casa dela regularmente como antes, porque toda aquela desordem na casa me incomoda muito e sinto vontade de arrumar mas, para ela já está arrumando.

    Eu não me considero uma pessoa desorganizada mas, muito bagunceira..rs! Consigo organizar tudo e deixar as coisas fora do lugar em menos de um mês, como ainda não consegui encontrar o tipo de organização que melhor se adequa a minha vida, sempre faço mudanças na maneira como arrumo meus livros, minha casa, meu trabalho, etc.

    Adoro suas dicas e tenho muita coisa para aprender com você.

    Curtido por 1 pessoa

    • Olha Viviane, eu acho que nem todas. Claro, existe muita gente desorganizada, mas que se acha perfeitamente no meio da sua bagunça. Nesse caso, a pessoa parece desorganizada aos nossos olhos, mas na lógica dela ela consegue se achar e se virar muito bem. Mas tem gente que realmente é desorganizada justamente porque falta essa organização mental: é aquele tipo de pessoa que perde as coisas, perde prazos, sempre se atrasa. E quanto a isso que você comentou, de tudo ficar desorganizado depois de um tempo: a vida é assim, sabe? Organização não é estático, viver desorganiza as coisas mesmo e é por isso que ter um sistema de organização facilita tanto. Que bom que gosta das dicas e organização é um processo mesmo, leva um tempo para encontrar a “nossa” própria forma de organização.

      Curtir

  4. Oi Juliana também faço isso, omito os prazos reais, horário para o marido sempre falo uma hora a menos…Com milha filha tento ensina-la a ser organizada…Tem dado certo mais as vezes é um pouco estressante…
    Abraços

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s