Casa Organizada, Thais Godinho

E hoje vamos de post com mais uma das minhas leituras. Já tem bastante conteúdo por aqui com os livros que eu li sobre produtividade, organização e afins, para ver todos os textos publicados é só selecionar no Menu a categoria “Livros”. E o de hoje é o Casa Organizada, da Thais Godinho.

Quem acompanha o blog desde o começo sabe que a Thais é uma das minhas inspirações. Lá na época da faculdade, quando eu comecei a sentir necessidade de organizar melhor meu dia a dia e comecei a buscar dicas de como fazer isso, foi no blog da Thais que eu peguei as primeiras dicas e aprendi o básico sobre organização. Claro que eu acompanho o trabalho dela até hoje e sempre aprendo algo novo.

E como não poderia ser diferente, o conteúdo do livro é muito bom. É uma reunião de dicas e assuntos que ela já tratou no blog, apresentados de forma sequencial e didática e acompanhados de alguns exercícios que tanto promovem a reflexão quanto ajudam a ir colocando em prática os conceitos apresentados no livro. É uma leitura rápida, com linguagem simples e que flui muito bem.

O livro é dividido em 6 capítulos, onde reflexões e dicas práticas se complementam. O primeiro capítulo traz uma visão geral sobre organização, arrumação e decoração. Logo nesse começo são apresentados os cinco passos da organização: destralhar, organizar, arrumar, manter e curtir. Aqui também temos algumas reflexões de temas muitos legais: como precisamos abrir mão da ideia de que cuidar da casa dá trabalho (e, claro, dicas do como facilitar o processo todo); sobre como a forma de cuidar da casa mudou e hoje não é nem deve ser responsabilidade apenas da mulher e sim de todos que dividem a casa, inclusive crianças.

Ainda no primeiro capitulo são apontados os principais problemas ao cuidar da casa: falta de tempo e falta de espaço. A falta de tempo pode ser minimizada com um bom planejamento e também quando deixamos de ter expectativas irreais e passamos a aceitar as coisas como elas são: todo mundo quer uma casa limpa e organizada mas, a não ser que você contrate alguém para fazer isso ou largue o emprego e faça só isso o dia todo, é impossível ter a casa brilhando todos os dias. E tudo bem. O segredo é fazer o mínimo necessário para manter a casa funcionando e o ambiente agradável. A falta de espaço está diretamente ligada ao primeiro passo do processo de organização: destralhar.

sala de estarFoto de Jon’Nathon Stebbe em Unsplash

Assim, o capítulo 2 é inteiramente dedicado a processo de destralhe. Aqui é abordado rapidamente o conceito de minimalismo e são passados alguns exercícios para te ajudar a identificar o que é tralha, além de informações sobre o que fazer com os itens que você destralhar: vender, doar, reaproveitar de outra forma, reciclar ou ir definitivamente para o lixo. Também são abordados pontos importantes, sobre como lidar com a tralha emocional e dicas para destralhar diariamente.

O capítulo 3 é o núcleo do livro, pois traz dicas para organizar cada um dos cômodos da casa. Observe que é de fato um processo, pois a organização só começa depois de destralhar. Esse capítulo é bem completo e detalhado com dicas que contemplam tudo que precisa ser organizado em uma casa. Os cômodos foram divididos em três categorias: áreas comuns a todas as casas, áreas específicas e armazenamento.

Os cômodos comuns a todas as casas são: entrada, cozinha, sala, banheiro, quarto e área de serviço. Toda casa tem esses cômodos ou áreas que exercem uma função relacionada à esses cômodos. Pode ser que a sua entrada seja apenas um tapete e um espaço de parede perto da porta ou que sua área de serviço seja apenas um tanque e uma prateleira. As dicas são as mesma e devem ser adaptadas para cada realidade. As áreas específicas, ou seja, que nem toda casa tem, são: quarto de criança, quarto de bebê,  home office, varanda/terraço/quintal, garagem e sala de jantar. E a categoria armazenamento se refere a qualquer forma de armazenamento existente em uma casa bem como as coisas que costumamos armazenar: guarda roupa, livros e revistas, CDs e DVDs, brinquedos, cosméticos e maquiagens, material de escritório, material escolar, malas e acessórios de viagem, artigos esportivos, enfeites sazonais e despensa. 

Não vou me aprofundar nas dicas, porque senão teria que transcrever todo o conteúdo do livro aqui. Acho legal falar que em todas as dicas a Thais sempre reforça que tudo deve ser adaptado a casa e a realidade de cada um, não existe certo ou errado, e o que faz sentido para ela pode não fazer nem pra mim, nem pra você. Então qualquer dica que você encontrar aplique apenas se estiver de acordo com o seu dia a dia e se for facilitar as coisas, já que é essa a ideia. 

Ainda nesse capítulo 3, antes de começarem de fato as dicas de organização por cômodo, são apresentadas atitudes e ideias que podem ajudar no processo, tais como: ter consciência de quanto espaço você tem em casa, saber qual a sua capacidade de armazenamento, identificar quais itens organizadores poderão ser úteis (e não, eles não precisam ser necessariamente comprados, dá pra usar muita coisa que já temos em casa).

quartoFoto de Christopher Jolly em Unsplash

O capítulo 4 traz dicas de arrumação e sugestões que abrangem a organização do lar como um todo, falando de planejamento do menu semanal, lista de compras, de criar um “centro de comando” para casa onde deve ficar centralizado tudo referente a mesma e até dicas e ideias de como inserir todos os moradores da casa na rotina de organização e como ensinar isso para as crianças.

O capítulo 5 é sobre como manter a casa em ordem, através do uso de checklists e criação de rotinas, além do planejamento de um cronograma de limpeza. Os checklists tem a função de te manter no controle do que já foi feito e do que ainda precisa ser. Tenha checklists para limpeza diária,  semanal, mensal, semestral, anual ou faça outras divisões de tempo que sejam convenientes para você. A ideia de manutenção é a mesma que eu falei no meu post sobre rotina e cronograma de limpeza da casa: fazer um pouquinho por vez, todos os dias, para não se sobrecarregar. É também a ideia do método FlyLady que propõem a divisão da casa em áreas ou zonas, sendo que a cada semana você deve se dedicar a uma dessas áreas. No livro, a Thais explica detalhadamente e com exemplos como fazer essa divisão e como encaixá-la no planejamento, criando um cronograma de atividades.

Por fim, o capítulo 6 encerra falando sobre curtir a casa que nós temos e isso tem muito a ver com desfrutar do ambiente limpo e organizado e não ser escravo do processo de limpeza e organização. Tem a ver também com não enxergar as atividades de cuidado com a casa como sofrimento e sim criar meios de facilitar esse processo para tudo fluir mais tranquilamente.

É uma leitura muito rica em conteúdo e se eu fosse detalhar tudo aqui teria que fazer uma sequência de posts. Acho que para quem não sabe nem por onde começar a se organizar é uma indicação muito boa, porque tudo é explicado de forma bem didática, com passo a passo e exemplos. Se não quiser ler o livro, recomendo o blog da Thais, muito do conteúdo do livro está espalhado pelo inúmeros posts publicados lá. E aqui também, eu já fiz posts com dicas de organização para cada cômodo da casa e também explicando como criar um cronograma de limpeza, é só procurar ali na barra de pesquisa.

Alguém aí conhece esse livro ou já leu? Me contem qual a opinião sobre ele!

Até mais,

Juliana Sales

 

16 comentários sobre “Casa Organizada, Thais Godinho

  1. Nos últimos anos eu tenho me preocupado muito com a organização dos meus espaços de estudos e trabalhos que realizo através das redes sociais e o canal da Thais Godinho tem me ajudado, conheci ela através de um comentário seu e continuo acompanhando até hoje. Sempre achei a prática do minimalismo muito importante para a vida pessoal e principalmente, para desentulhar coisas antigas que não trazem boas energias para nossa casa e mesmo tendo aprendido muito sobre ela, ainda tenho muitas coisas guardadas em casa, que não consegui me desfazer.
    Agradeço pela dica e com certeza vou encaixar esse livro nas minhas leituras de 2021.
    Beijos e Abraços
    Viviane Almeida

    Curtido por 1 pessoa

    • O trabalho da Thais é ótimo mesmo. E acho que a leitura desse livro vale muito a pena, principalmente porque você pode já ir colocando em prática enquanto lê, sabe? E não tem nada mirabolante ou fora da realidade.

      Curtir

  2. Gosto muito de dicas sobre organização da casa, são os posts que mais gosto no blog. Acho que por estar morando sozinha, cada vez me sinto mais atraída por abordagens que falem sobre esse tema. Vou procurar saber mais sobre a Thais, o livro parece trazer ideias muito úteis, que com certeza vão muito.

    Curtido por 1 pessoa

    • Fico feliz que goste desse posts Patrícia, sempre que faço algum ele me traz muito aprendizado porque admito que organização da casa não é meu forte. rs Conheça o trabalho da Thais assim, o conteúdo dela é ótimo!

      Curtir

  3. Eu conheci o blog da Thais Godinho através de você… gostei da dinâmica proposta por ela. Li vários posts. Aprendi mais sobre mim. Eu sou uma pessoa de rotinas (estranho dizer isso depois de tantos anos dizendo não gostar de rotinas, rs) e com muitas manias.
    Anos de terapia me fizeram descobrir o TOC que me faz odiar certas coisas, como quadros tortos, livros de diferentes tamanhos, muitas cores, ao mesmo tempo que estabelece uma ordem pouco comum as minhas coisas. Olhando de fora, parece bagunça.
    A cada leitura que eu faço sobre organização me faz perceber melhor a minha insanidade e parar de lutar contra, apenas aceitar e estabelecer certos limites.
    Quando a casa, eu sempre fui alertada que cada coisa tem o seu lugar, principalmente na cozinha. Até por gostar de cozinhar, preciso de mil apetrechos ao alcance das mãos. A pia precisa estar sempre limpa, assim como o fogão e o chão. Separo lixos e ainda me impressiono com a quantidade de coisas que são descartadas diariamente por aqui.
    Uma das coisas que não funciona comigo é o tal do feng shui que todo mundo diz ser maravilhoso. Pode até ser… mas, para mim é um desastre. rs

    Curtido por 1 pessoa

    • A abordagem da Thais sobre organização e produtividade é incrível. Achei interessante você dizer que sempre te ensinaram que cada coisa tem o seu lugar. A maioria das pessoas sofre para entender isso e por esse motivo vivem no meio da bagunça. E não só de coisas físicas e objetos. Um dos pilares da organização é bem esse, cada coisa deve ter o seu lugar. Já o feng shui, nunca me aprofundei muito no assunto, então não sou capaz de opinar… rs.

      Curtir

  4. Essa questão de destralhar é algo que gosto, mas empaca quando chego nos livros heheh Troco bastante, vendo, mas não consigo ficar sem uma estante cheia dos meus títulos favoritos pra ler e reler e de livros ainda não lidos pra não ter que sair de casa em busca de novas …

    Abraços

    Curtido por 1 pessoa

    • Também sou assim Darlene, adoro destralhar, fazer uma limpa no guarda roupa, armários da cozinha, de objetos em geral. Mas tem duas coisas que sou bem apegada: os livros, como você, e sapatos. Mas nesses casos nem considero que seja algo que precise ser destralhado, sabe? Porque são coisas que me trazem alegria (como diria Marie Kondo) e que, mesmo tendo em quantidade, estão sempre em uso, tanto os livros quanto os sapatos!

      Curtido por 1 pessoa

  5. Caramba, eu AMEI as abordagens que ela traz nos livros dela… É tão importante a gente entender que casa limpa não é sinônimo de casa impecável, né? Isso foi muito criado com os anos na nossa cabeça porque muita gente manteve empregadas fazendo trabalhos intensos a troco de salários péssimos, precisamos nos livrar dessa cultura.

    Achei o livro dela completíssimo, pela sua descrição, com etapas bem organizadas e abordando as coisas de forma super pertinente. Eu confesso que sou mega desorganizada e não prezo taaaanto assim por isso, mas fiquei com vontade de ler…

    Curtido por 1 pessoa

    • A forma como a Thais aborda a organização é incrível mesmo. E tem muito do método FlyLady e foram essas suas referências que me ajudaram a aprender a cuidar da casa de forma mais leve. Recomendo muito a leitura sim, o livro é bem completo e muito prático.

      Curtir

  6. Oi, Ju! Tudo bem?
    É muito bom mesmo a gente ter inspirações! Admito que quando se trata de blog de organização e produtividade, logo associo o seu!
    Olhe, eu sempre digo aqui que também adoro. Me mudei fazem dois meses e finalmente consegui fazer muito do que gostaria quando se refere à organização, arrumação da casa. Meu apê é bem pequenino, mas tá do jeito que eu sempre sonhei. E muito acolhi, aqui nos seus posts. Bjs

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Ana! Que bom que as dicas daqui te ajudaram a deixar sua casa como você queria e fico feliz de saber que lembra do ProdutivaMente quando se fala de organização e produtividade.

      Curtir

    • Quando comecei com o blog também tinha dificuldade com a organização da casa. Aos poucos fui melhorando, mas admito que a minha organização no trabalho e com os meus projetos em geral ainda é bem melhor que a organização doméstica.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s