Produtividade e propósito: eu preciso ter um?

Muitos autores que escrevem sobre produtividade assim como diversos especialistas da área costumam relacionar produtividade a propósito de vida. Falando de forma bem simplificada, quando você tem um propósito, ele guia suas decisões em relação à suas tarefas, planos e projetos, ele é o parâmetro que te ajuda a identificar suas prioridades. Também funciona como um fator motivador: é mais fácil lidar com tarefas difíceis ou chatas quando você tem a consciência de que elas contribuem para alcançar o seu propósito. Eu mesma já falei várias vezes sobre isso por aqui, sobre como ter clareza dos resultados que você quer obter te ajuda a ser mais produtivo no sentido de realizar suas tarefas de forma mais eficiente.

E eu concordo com isso, mas acho importante ressaltar dois pontos nessa questão. O primeiro é que ter um propósito de vida é legal, é útil, mas ninguém precisa se sentir frustrado por não ter um ou não saber exatamente qual é o seu. E o segundo é que, mesmo sem ter essa compreensão clara sobre seu propósito de vida, você ainda pode usar o conceito de propósito para definir suas prioridades, gerenciar suas tarefas e se manter motivado.

Mas vamos falar primeiro sobre a questão de propósito de vida. Você sabe o que exatamente é isso? Propósito pode ser entendido como um objetivo maior, algo que se deseja alcançar. Então, seu propósito de vida é aquilo que você almeja para a sua vida. Propósito está muito ligado também a ideia de felicidade, porque alcançar seu propósito tem a ver com obter realização pessoal. E quando paramos pra pensar, pode parecer assustador ter que definir esse tipo de coisa. Ainda mais quando você está perdido no caos, buscando  apenas dicas para organizar melhor suas tarefas e colocar um pouco de ordem no seu dia a dia.

Continuar lendo

Produtividade e Desenvolvimento Pessoal

Ter um blog sobre produtividade me fez buscar aprender cada vez mais sobre o assunto e de forma mais profunda. Antes do blog eu estudava, mas apenas de forma superficial, procurando dicas e conhecimento que eu pudesse aplicar no meu dia a dia. No entanto, o blog me levou a querer entender mais sobre tais dicas, de como e porque elas funcionam (ou não), de buscar compreender porque as pessoas querem ser mais produtivas.

Eu já falei algumas vezes por aqui sobre o meu conceito pessoal de produtividade e, quanto mais eu pesquiso e leio sobre o assunto, mais esse conceito evolui e se consolida. E algo que venho percebendo já há algum tempo é que produtividade e desenvolvimento pessoal tem uma relação bem estreita. E isso é curioso porque muita gente associa desenvolvimento pessoal a livros de autoajuda e muita gente também tem um pé atrás com esse tema. E eu entendo, porque parte do conteúdo produzido nessa área é muitas vezes superficial, cheio de frases prontas e muito generalizado. Mas existem sim coisas que valem a pena serem lidas. Mas se você não se interessa, tudo bem, não precisa abandonar esse post. O desenvolvimento pessoal que eu falo trata de melhoria pessoal em seu sentido mais simples: se aprimorar, melhorar habilidades, ser mais eficiente.

O conceito de desenvolvimento pessoal envolve vários aspectos. Autoconhecimento, desenvolver novas habilidades, melhorar pontos fortes e diminuir pontos fracos, melhorar a qualidade de vida, são apenas alguns desses aspectos. E muitos deles tem tudo a ver com ser mais produtivo. Muitos dos temas que eu já tratei aqui no blog como sendo importantes na busca da produtividade se encaixam nesses pontos que eu mencionei.

Continuar lendo

Autoconhecimento e produtividade

Eu já comentei por aqui algumas vezes e também nas redes sociais do blog que ele surgiu como um hobbie, uma forma de compartilhar informação sobre um assunto que sempre me interessou. E, também, foi o resultado do incentivo de pessoas próximas, amigos, familiares e colegas de trabalho que sempre me pediam dicas de organização, planejamento, administração do tempo e que me sugeriram fazer um blog para falar sobre isso.

Então, no começo, o meu foco aqui no blog era falar principalmente sobre técnicas e métodos de organização e produtividade. Sendo a pessoa racional e regrada que eu sou, métodos e técnicas são onde me sinto em casa. Planejar, ordenar, seguir rotinas, criar checklists são coisas naturais para mim, coisas que fazem minha vida funcionar melhor.

Mas então, com o passar do tempo e o contato com quem lê o blog, duas coisas mudaram. A primeira foi uma vontade de estudar e pesquisar cada vez mais sobre organização e produtividade. Já era algo que eu fazia, mas buscando benefício próprio, procurando aprender coisas para aplicar no meu dia a dia. Mas o que aconteceu com o blog foi uma vontade de ir além, de entender mais sobre coisas não apenas úteis para mim, mas que pudessem ajudar todos os tipos de pessoas.

Continuar lendo