27 sugestões de coisas para você destralhar

Mês passado eu publiquei um post aqui no blog propondo uma reflexão sobre o processo de destralhar. E eu recebi um retorno muito legal, de algumas pessoas me contando que conseguiram ter uma visão mais ampla sobre o destralhamento e até entender melhor a sua importância. E junto com esse feedback vieram também algumas perguntas de pessoas em dúvida sobre como saber o que elas deviam destralhar e o que deviam manter.

E eu achei muito curioso receber esse tipo de pergunta por que a resposta é totalmente pessoal. Cada um precisa decidir por si o que gostaria de manter consigo e o que pode desapegar, baseando-se em critérios próprios, sobre como se sente em relação as coisas, como é o uso, qual a importância, etc.

Por outro lado, eu entendo que quem se dispõe pela primeira vez a fazer esse processo, pode se sentir perdido, completamente indeciso sobre como definir o que pode ser descartado e o que vai ser mantido. Daí surgiu esse post.  

Continuar lendo

Refletindo sobre o processo de destralhar

Eu já falei algumas vezes por aqui que uma das atividades essenciais da organização é o ato de destralhar, ou seja, se livrar do que não usamos, não tem utilidade ou valor. Um mantra da organização é que não se organiza tralha, então antes de começar qualquer processo de organização é preciso fazer o processo de destralhe.

Normalmente quando falamos em destralhar, associamos com objetos, com organização física de ambientes. É bem clara a importância de destralhar quando falamos de organizar o guarda roupa ou colocar a papelada em ordem, por exemplo. 

Mas o que eu percebi é que esse conceito pode ser ampliado, indo além da organização e do ato de se livrar de coisas materiais. Pensando em termos de produtividade, destralhar também pode ser extremamente positivo. Não faz muito tempo, eu fiz um post falando sobre a relação entre simplicidade e produtividade, no sentido de que simplificar pode ser a chave para ser mais produtivo, através da eliminação de tudo que não te agrega, não te leva mais para perto dos seus objetivos ou não te faz feliz. E essa eliminação nada mais é que o ato de destralhar. 

Continuar lendo