Usando blocos de tempo no planejamento diário e semanal

Eu  sempre estou lendo e pesquisando sobre produtividade e organização e alguns dias atrás eu me deparei com um texto (esse aqui) que falava sobre usar blocos de tempo para ser mais produtivo. A princípio não parecia nenhuma novidade, até porque eu já falei por aqui sobre o uso do time boxing, que nada mais é do que definir intervalos de tempo fechados para realizar cada uma de suas tarefas. Esse é um jeito muito legal de planejar suas atividades porque te dá uma noção melhor para gerenciar o seu tempo. Mas esse texto que eu li falava de organizar os blocos de tempo de forma diferente, ou melhor, acrescentava uma informação extra a ser usada na hora de gerenciar seus blocos e eu acho que essa consideração pode fazer toda a diferença. E por isso eu resolvi compartilhar por aqui. 

A ideia do time boxing é simples: como o próprio nome diz, se usa “caixas de tempo” para organizar a execução de tarefas. Resumidamente, você deve listar suas tarefas e, após estimar qual o tempo necessário para fazê-las, alocar blocos de tempo para cada uma delas.  Então, durante cada bloco, o foco é total em realizar a tarefa determinada. Finalizado o tempo do bloco, começa-se um novo, geralmente com uma nova tarefa. No post que eu linkei no parágrafo de cima, tem uma explicação completa.

Mas o post de hoje fala sobre uma forma diferente de distribuir suas tarefas em blocos. O autor do artigo que eu mencionei – que se chama Charlie Gilkey – começa explicando nossas atividades podem ser divididas em 3 categorias: criação, conexão e consumo. Criação implica em coisas que precisam ser feitas, tarefas e projetos em geral. Conectar é sobre se relacionar com outras pessoas. E consumir envolve receber e processar informações. 

Continuar lendo

Produtividade pessoal: meus métodos favoritos

Estou muito feliz em estar escrevendo esse que é o primeiro da maratona de posts em comemoração ao aniversário do blog. Eu pensei em fazer nessa semana uma série de posts curtos com dicas e indicações relacionadas aos vários assuntos que eu já tratei aqui. Então teremos indicação de livros, de aplicativos, dicas básicas de organização e produtividade. E o tema do post de hoje são as famosas técnicas de produtividade.

Quem acompanha o blog sabe que eu já trouxe por aqui vários posts apresentando as mais diversas metodologias para melhorar a sua produtividade. E, além das que eu já falei sobre, existem diversas outras por aí.

Então eu resolvi trazer nesse post cinco técnicas que eu indico. Não são as melhores porque eu já disse inúmeras vezes que isso não existe. Não há o método ideal ou perfeito e sim aquele que melhor atende suas necessidades. O que eu vou indicar aqui são as que eu mais uso e que funcionam para mim.

Eu vou falar um pouco sobre cada uma delas, e vocês vão perceber que elas são complementares, estão relacionadas entre si. Eu não uso necessariamente todas elas ao mesmo tempo, as vezes combino duas ou três, as vezes alterno entre uma e outra. Tudo depende da quantidade de tarefas que eu tenho, de como está a minha motivação, minha concentração, dentre outros fatores.

Continuar lendo

Como melhorar sua administração do tempo: dicas simples e eficientes

No post de hoje eu quero falar sobre gestão do tempo. Sempre tenho batido na tecla aqui no blog de que produtividade é fazer as coisas de forma eficiente, buscando encontrar um equilíbrio entre o que precisamos e o que queremos fazer, entre lazer e trabalho, entre obrigação e diversão.

Isso está diretamente ligado a saber lidar com o tempo que nós temos. Todos tem as mesmas 24 horas no dia. A questão é organizar da melhor forma possível o uso que fazemos dessas horas.

Planejamento

A primeira dica e a mais fundamental de todas é: planeje seu dia. Planejamento é uma ferramenta indispensável para uma boa gestão do tempo. Planejar é uma atitude proativa, onde priorizamos o que é importante e evitamos urgências; é deixar de viver de forma reativa e pensar antecipadamente sobre o que vivemos.

Continuar lendo

Time Boxing: Como usar bem o seu tempo

O post de hoje fala sobre o conceito de time boxing (algo como caixa de tempo ou encaixotamento do tempo) . É uma abordagem extremamente simples para organizar seu dia, focando no seu tempo disponível ao invés de nas tarefas que você precisa fazer. Se você tem o costume de todos os dias pela manhã separar alguns minutos para checar seus e-mails ou à noite antes de dormir reserva um tempinho para ler, você está usando o time boxing.

A grande maioria das metodologias de organização e gerenciamento de tempo se preocupa em como administrar nossas tarefas. O time boxing se baseia em administrar o nosso tempo disponível. Afinal, qualquer que seja o método usado, é impossível conseguir mais tempo: todos temos 24 horas e não há nada a fazer quanto a isso. O segredo é aproveitar essas 24 horas da melhor forma possível.

A ideia do time boxing se baseia na Lei de Parkinson. Ela diz o seguinte: “o trabalho se expande de modo a preencher o tempo disponível para a sua realização”. Ou seja, quanto mais tempo temos disponível para realizar uma tarefa, maior a tendência a enrolar, procrastinar e estender essa tarefa desnecessariamente. Ao contrário, se delimitamos um período de tempo para executar uma atividade, a tendência é que ela seja executada de forma mais rápida e focada.

Continuar lendo